in

Criticado por tirar Arrascaeta, Jorge Jesus explica substituições no Flamengo

Matthew Ashton/Getty Images
Publicidade

Não deu: o Flamengo tentou da melhor forma que conseguiu, mas não foi possível vencer o Liverpool, time inglês que nunca havia levado para as terras da Rainha o troféu do Mundial de Clubes.

A disputa, que só terminou na prorrogação, foi vista pela mídia especializada como equilibrada, mas houve quem tenha posto a culpa da derrota nas substituições realizadas por Jorge Jesus.

Publicidade

Jorge Jesus fala sobre substituições do Flamengo na final do Mundial

Ainda no estádio onde aconteceu a partida, Jesus abriu o jogo sobre a substituição mais reclamada: a saída de Arrascaeta. Segundo o treinador do Flamengo, o time foi alterado porque haviam jogadores com fadiga.

Em sua defesa, Jorge Jesus apontou: “Era importante ter mais velocidade”, ele ainda pontuou que tirou Everton Ribeiro e Arrascaeta por que eles “não conseguiam mais chegar com a bola”.

Publicidade

Técnico do Flamengo fala sobre nível dos jogadores em campo

Segundo o treinador rubro-negro, as três grandes referências do clube carioca não estavam no seu melhor dia e mesmo assim o “Flamengo fez um jogo extraordinário”.

O português avalia que os jogadores não estavam no nível padrão deles, porque se estivessem, “o Flamengo seria uma equipe ainda mais forte”.

A chance de gol com Lincoln no final do segundo tempo da prorrogação foi lembrada e o técnico ainda firma que o time tentou de tudo para empatar a partida e arrancar uma disputa de pênaltis.

Por fim, o Liverpool foi elogiado quando Jorge afirmou que foi um grande jogo, mesmo com o Flamengo enfrentando o melhor time do mundo.

Publicidade
Avatar

Escrito por I Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.

Next post

Mercado da Bola: confira as principais notícias do Palmeiras neste domingo (22)

Alisson elogia o Flamengo e reconhece grandeza rubro-negra em campo