in

Jean, goleiro do São Paulo, é acusado pela esposa de agressão

Brasil 247/Instagram/SPFC
Publicidade

Goleiro reserva do São Paulo, Jean foi acusado pela sua esposa, Milena Bemfica, de agressão física. Em vídeos publicados pela própria em sua conta do Instagram, Milena relatou o que sofreu e pediu que justiça fosse feita.

O vídeo, gravado em Orlando, Estados Unidos, mostra a mulher com o rosto machucando. Ela, assustada, clama por ajuda, afirmando que o atleta a agrediu. “Alguém me ajude”, diz ela, que completa: “olha isso, o que Jean, goleiro do São Paulo fez comigo”.

No vídeo gravado para a função Stories do Instagram, ela ainda revela estar trancada no banheiro para fugir das agressões do jogador. Ainda é possível ouvir a voz dele, perguntando se a esposa faria aquilo com a filha, provavelmente questionando sobre o impacto do escândalo na relação com a criança.

Publicidade

De acordo com o UOL, a assessoria de imprensa do jogador informou que ele se pronunciará sobre isso em breve. O São Paulo Futebol Clube não se pronunciou até então.

Publicidade

Esposa de goleiro Jean, do São Paulo expõe pressão psicológica

Nas mensagens é possível observar que ele afirma que a esposa acabou com a carreira dele e que agora as crianças “vão passar fome”. 

De férias em Orlando com as duas filhas, Milena afirmou em outras publicações que o problema já passou e que ela está em outro lugar. “Estou sem celular”, disse.

Vindo do Bahia, Jean joga no São Paulo desde o ano passado e já se envolveu em problemas no clube. No seu início de trabalho no tricolor paulista, ele se desentendeu com Sidão, titular do time no gol.

Além desse episódio, o jogador ainda abandonou reunião do clube com a comissão técnica por estar descontente com o banco.

Publicidade
Avatar

Escrito por I Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.

Next post

Assistir Barcelona x Real Madrid: transmissão na TV e na internet

Mercado da Bola: Antony e Walce são convocados e futuro no São Paulo é incerto