in

Libertadores: saiba os grupos onde Flamengo, São Paulo e Palmeiras estão

O Globo
Publicidade

O ano de 2019 ainda nem acabou e a Conmebol já está se preparando para a Libertadores da América do ano que vem. A confederação já realizou o sorteio dos grupos do torneio do próximo ano e já foi definido onde cada time estará.

O sorteio, realizado em Luque, no Paraguai definiu a fase de grupos da Copa Libertadores, que vai começar no próximo ano já no dia 4 de março e chegará ao fim em 21 de novembro. A final está marcada para acontecer no Maracanã.

Publicidade

No próximo ano, o Brasil terá oito chances de conquistar mais um caneco da Libertadores com Flamengo, Palmeiras, Santos, São Paulo e Grêmio. Corinthians e Internacional estarão na pré.

Os times no grupo do Flamengo

Atual campeão da Libertadores, o Flamengo é o cabeça de chave do grupo A da Libertadores.

Publicidade

O time de Jorge Jesus vai enfrentar o Independiente Del Valle, do Equador, campeão do Sulamericana, Junior de Barranquilla, da Colômbia e um clube que passar da pré-libertadores.

Grupo B da Libertadores tem Palmeiras e poderá ter Corinthians

Caso o Corinthians consiga ultrapassar a fase da pré-libertadores, irá para o grupo B, mesmo grupo do Palmeiras, Bolívar, da Bolívia e Tigre, da Argentina. 

O Athletico paranaense caiu no grupo C, que conta com o Peñarol, Colo-colo e Bolívia 2, que ainda será conhecido em 29 de dezembro.

São Paulo, Grêmio e Santos na Libertadores

O São Paulo caiu no mesmo grupo do River Plate, da Argenina, LDU, do Equador e do Binacional do Peru. O Grêmio está no grupo E com o Universidad Católica do Chile e o América de Cali da Colômbia. A quarta vaga ainda será definida.

Santos ficou no grupo G com o Olimpia, do Paraguiai, o Delfín do Equador e o Defensa y Justicia da Argentina.

Publicidade
Avatar

Escrito por I Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.

Next post

Neymar recebe cartada de Rivaldo, que o vê como futuro substituto de Messi

Sampaoli explica o motivo de não ter continuado no Santos e de não ter ido ao Palmeiras