in

Flamengo: assista aos três gols da vitória sobre o Al Hilal; final do Mundial é sábado

Divulgação Flamengo
Publicidade

Foi suado. Foi sofrido. Mas o Flamengo está na final do Mundial de Clubes, marcada para o próximo sábado, às 14h30 (horário de Brasília). O rubro-negro venceu o Al Hilal, nesta terça-feira (17), por 3 a 1.

O torcedor do Flamengo talvez esperasse uma partida mais fácil, mas o confronto nesta terça foi mais difícil do que o imaginado.

O Flamengo perdeu o primeiro tempo por 1 a 0 e teve dificuldades para impor suas características diante de um rival que, embora seja da Arábia Saudita, conta com jogadores de várias partes do mundo. Os gols do Fla só saíram no segundo tempo.

Publicidade

Flamengo marcou três gols em 48 minutos

Contando o tempo de acréscimo, o Flamengo de Jorge Jesus marcou três gols em 48 minutos no estádio de Doha, no Catar. O primeiro gol do rubro-negro foi marcado por Arrascaeta, em belíssima jogada que contou com a participação de de Gabigol e Bruno Henrique, autor da assistência.

Publicidade

Com o gol de empate marcado aos três minutos, o Flamengo se soltou na partida e foi para cima do adversário. Aos 32, quando alguns já contavam com o empate e disputa da prorrogação, Diego viu Rafinha, que cruzou para Bruno Henrique, de cabeça, virar.

Quatro minutos depois, Bruno Henrique arrancou pela esquerda, invadiu a área e cruzou para Gabigol. O zagueiro Al-Bulayhi tentou interceptar e mandou para o fundo das redes.

Torcida do Flamengo esteve em grande número no estádio

Eram aguardados cerca de 10 mil flamenguistas na partida desta terça. Havia muitos rubro-negros nas arquibancadas e os jogadores comemoraram com eles ao final da partida.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Bruno Henrique brilha e Flamengo está na final do Mundial de Clubes

Bruno Henrique revela pedido feito por Jorge Jesus no intervalo do jogo contra o Al Hilal