in

Americano que chamou o Brasil de chiqueiro teve mandíbula quebrada em luta

UOL
Publicidade

Colby Covington, um lutador de UFC americano que conseguiu ganhar o ódio de muitas pessoas pela maneira como ele expões seus mais íntimos sentimentos. Mas na madrugada do dia 15/12 Colby finalmente sofreu uma derrota significativa. O lutador encontrou nas declarações racistas e na forma de humilhar gratuitamente as pessoas de todo um país uma maneira de pintar uma figura de vilão e garantir que seus contratos no UFC fossem mantidos, mas seu destino mudou quando encontrou o nigeriano Kamaru Usman, em Las Vegas.

A luta correu equilibrada até que no quinto assalto Usman deu o golpe final quebrando a mandíbula de Covington. O americano correu para o vestiário envergonhado com a derrota e com o rosto sangrando pelo confronto. Enquanto isso Kamaru era proclamado campeão. O nigeriano teve a nobre atitude de dedicar sua vitória ao brasil, apesar de ter outra nacionalidade ele se mostrou inconformado com o que Colby fez na ocasião em que esteve no país. 

Em vinda ao Brasil ele fez comentários racistas e xenofóbicos

Em 2017, o lutador veio ao Brasil para uma competição de UFC na cidade de São Paulo. O lutador competia contra Demian Maia e foi declarado com unanimidade como campeão pelos jurados, mas como discurso e respondendo as vaias ele afirmou que o Brasil era um chiqueiro e que os brasileiros eram animais imundos. Na ocasião, o americano quase foi expulso do UFC.

Publicidade

Colby foi derrotado e humilhado em Las Vegas

Depois disso, ele continuou pintando a imagem de que era vilão e que amava ser odiado pelas pessoas. Colby passou a usar roupas com as cores da bandeira americana e afirmou seu apoio a Trump usando bonés com o mesmo slogan de sua campanha que era totalmente contra imigrantes no país.

Publicidade

Em entrevista antes da luta, Usman declarou que essa luta para ele tinha muita representatividade já que ela representaria toda a ira que os imigrantes dos Estados Unidos sentem com pessoas com pensamentos como aquele. 

Publicidade
Avatar

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática. Faça contato comigo: tatianebraz1998@gmail.com

Next post

Internacional: Coudet é anunciado oficialmente como novo treinador do Colorado

Mercado da Bola: Grêmio está interessado no argentino Calleri, aponta imprensa gaúcha