in

São Paulo bate o martelo e confirma reforço de R$ 21 milhões para 2020

Reprodução/SPFC Notícias
Publicidade

O mercado da bola está agitando os bastidores do futebol nacional e algumas transferências importantes poderão ocorrer nos próximos dias. No São Paulo não é diferente e o clube já trabalha para manter seus principais jogadores na temporada 2020.

Tiago Volpi

O São Paulo passou por períodos de muita irregularidade após a aposentadoria de Rogério Ceni e teve dificuldades para encontrar um goleiro à altura de um dos maiores ídolos de sua história. O clube parece finalmente ter encontrado alguém confiável para defender suas cores, no entanto, precisa acertar a contratação em definitivo do jogador.

Publicidade

Tiago Volpi, de 28 anos de idade, será contratado pelo valor de R$ 21 milhões de reais em transação junto ao Querétaro. Após o acerto, o goleiro do São Paulo viu seu trabalho receber diversos elogios do técnico Fernando Diniz e sua permanência empolga os torcedores do tricolor.

“Não é só o que ele agarra, mas a maneira como ele se dedica. É um jogador muito intenso e que trabalha forte todos os dias. Acaba sendo um exemplo para todos jogadores no elenco”, declarou o técnico do tricolor paulista.

Publicidade

Helinho e Vitor Bueno

Após definir a situação do goleiro Tiago Volpi, o São Paulo tenta definir o futuro do jovem Helinho. O jogador teve suas primeiras oportunidades no final de 2018 e foi importante na reta final do Campeonato Brasileiro. Em 2019, as chances foram mais escassas e o destaque de 19 anos de idade poderá trocar de clube.

O Red Bull Bragantino conquistou o acesso à elite nacional e promete fazer contratações importantes para 2020. Helinho é visto com bons olhos pelo clube de Bragança e poderá receber uma boa oferta nos próximos dias para assinar contrato.

Outo jogador com situação já definida é Vitor Bueno, de 25 anos de idade, que foi envolvido em troca com o Santos pelo atacante Raniel.

Publicidade
Next post

Cruzeiro: Zezé Perrela é demitido e expõe diretoria em entrevista coletiva

Atlético-MG: presidente fala sobre demissão de Mancini e chegada de Carille ou Sampaoli