in

Cruzeiro: Adilson Batista expõe jogadores e diz que Rogério Ceni tinha razão

Divulgação Cruzeiro
Publicidade

Adilson Batista chegou ao Cruzeiro faltando apenas três partidas para o fim do Campeonato Brasileiro. O treinador tinha a difícil missão de conseguir evitar o rebaixamento da equipe. Não conseguiu.

Neste domingo (8), o Cruzeiro perdeu para o Palmeiras por 2 a 0, no Estádio do Mineirão, e acabou rebaixado pela primeira vez na história do Brasileirão.

Publicidade

Adilson foi chamado para tentar evitar o rebaixamento do clube porque fez história no comando do time celeste. Em 2009, sob o comando dele, o Cruzeiro chegou à final da Copa Libertadores da América.

Adilson Batista dá razão a Rogério Ceni

Após a partida que definiu o rebaixamento do Cruzeiro, o treinador Adilson Batista concedeu entrevista coletiva na sala de imprensa do Estádio do Mineirão. Adilson deu razão ao ex-treinador cruzeirense Rogério Ceni, que criticou situações internas do clube.

Publicidade

“Nosso amigo Rogério Ceni tinha razão em muitas coisas que ele falou. E eu notei isso. A gente, como está há muitos anos, tem muita coisa errada. O Zezé acaba de relatar. Então, falta intensidade, aspecto físico. Falta um monte de coisa”, afirmou Adilson.

O treinador afirmou ainda que este não é o Cruzeiro que ele conhece. Adilson tem 172 partidas como técnico do time, contando com a atual passagem.

Rogério dirigiu o Cruzeiro por quase dois meses

Rogério Ceni foi contratado pelo Cruzeiro em agosto e acabou demitido no dia seguinte. O treinador não conseguiu implementar o seu trabalho e teria batido de frente com figurões do elenco, como Dedé e Tiago Neves.

Na queda de braço, Ceni se deu mal e acabou demitido, a contragosto da torcida, que queria que ele permanecesse no cargo.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Next post

Messi e seu reforço favorito: ‘juntos novamente’

Cruzeiro: jogadores do Atlético-MG comemoram rebaixamento do rival; assista ao vídeo