in

Palmeiras: Deyverson é acusado de cantar que o time não tem mundial e se explica

Divulgação: Palmeiras
Publicidade

O atacante Deyverson é um dos jogadores que foram mais criticados pela torcida do Palmeiras ao longo do ano. O atleta caiu em desgraça com a torcida, principalmente, após a eliminação na Copa Libertadores, diante do Grêmio.

No jogo de volta das quartas de final do torneio, no Pacaembu, o Palmeiras perdeu o jogo por 2 a 1 e deu adeus à competição. A torcida estava confiante porque o Verdão havia vencido a primeira partida, em Porto Alegre.

Deyverson entrou no segundo tempo daquela partida, mesmo assim foi bastante criticado pelos torcedores nas redes sociais. O nome do atleta, inclusive, entrou em protesto da torcida organizada, que pedia a saída de alguns jogadores.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Deyverson é acusado de zoar o Palmeiras

Circula pelas redes sociais um vídeo que de um grupo cantando “Tia Nástica”, música que deu origem ao canto que os rivais estão fazendo para provocar o Palmeiras e dizer que o clube não tem Mundial.

No vídeo, Deyverson é filmando balançando a cabeça e cantando alguma coisa. Para alguns, era a música que os rivais usam para zombar do Palmeiras.

Deyverson se defende de acusações

Nas redes sociais, o atacante Deyverson se defendeu das acusações. Ele afirmou que está circulando um vídeo em que pessoas estão dizendo que ele cantava música zoando o Palmeiras. Deyverson garante que é mentira.

“Eu respeito e tenho muito orgulho de vestir a camisa desse clube gigante, sou muito feliz em fazer parte da história deste que é um dos maiores clubes do mundo. Nunca iria faltar com respeito com nossa torcida e com o Palmeiras”, afirmou o atacante, se defendendo das acusações.

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!