in

Lionel Messi e Suárez teriam se envolvido em briga feia

Goal
Publicidade

A seleção da Argentina jogou contra o Uruguai em Israel, um compromisso internacional amistoso que chamou todas as atenções. Afinal, são duas das seleções mais importantes e com os melhores jogadores, mantendo ainda uma boa rivalidade, como se viu durante toda a partida. O jogo serviu de preparação para as duas equipes, antes de iniciarem as eliminatórias para a Copa do Mundo do Qatar, terminando em um empate a dois gols. O jogo colocou ainda de rivais os dois amigos do Barcelona, Lionel Messi e Luis Suarez.

Argentina em bom plano com Messi

A seleção de Lionel Messi continua sem perder, desde a semifinal da Copa América, e vai mostrando bons sinais no gramado. Os argentinos continuam evoluindo e, contra uma seleção experiente e de grande qualidade, eles não se mostraram inferiores ao time de Oscar Tabarez. Na frente do Uruguai, o perigo continua sendo a dupla Luís Suárez e Edison Cavani, em uma equipe sempre muito compacta defensivamente e que vai misturando cada vez mais seus jovens talentos.

Publicidade

A Argentina continua sua reconstrução, e Lionel Scaloni vai testando soluções, em um jogo que depende sempre de sua maior estrela, em todos os momentos de construção. O capitão da seleção argentina tornou a ser decisivo, dando assistência para Kun Aguero e fazendo o segundo gol de sua equipe, no 2 a 2. Para o Uruguai, fizeram gols Cavani e Suárez. 

Lionel Messi brigando com Cavani na seleção

Então, Lionel Messi, de 32 anos de idade, tornou a liderar sua seleção como contra o Brasil, dias antes. Mas o argentino do Barcelona não vem sendo somente decisivo no jogo de seu time, como ele também tem demonstrado mais seu caráter sobre o gramado do que nunca em sua carreira.

Publicidade

Após ele ter se pegado com Tite durante a partida contra o Brasil, dessa vez ele andou brigado com Edinson Cavani, o jogador do Paris Saint Germain. Após uma falta sobre Messi, o uruguaio falou qualquer coisa que o 10 não gostou e enfrentou ele, sem baixar a cabeça. 

Aparentemente, Cavani chamou Messi para brigarem fora do gramado e o argentino foi claro em sua resposta: “Quando você quiser”. O confronto só não alcançou mais graças à intervenção de Luis Suarez, que se intrometeu contra a briga entre dois de seus amigos.

No entanto, no Uruguai, eles não teriam gostado que Suarez se posicionasse tanto do lado de Lionel Messi e preferiam que ele defendesse seu companheiro de seleção ou que ficasse quieto. Certo é que Suarez acabaria acalmando Messi, envolvendo-se na briga para proteger seu melhor amigo no Barcelona.

Publicidade
Next post

Flamengo: o recado de Gabriel Jesus que pode deixar os flamenguistas felizes

Cristiano Ronaldo pode ter novo time em breve, e Messi não deve gostar