in

Barcelona fecha reforço para janeiro que mudará a temporada

SAPO Desporto
Publicidade

O FC Barcelona continua lutando contra si mesmo para poder competir esse ano por todos os títulos. Parece que não é somente uma questão de os jogadores serem ruins ou não, mas simplesmente que eles não funcionam como uma equipe. Falta sempre qualquer coisa no time catalão, que vai sofrendo cada vez mais com essa dependência de Lionel Messi. O astro argentino, de 32 anos, sempre se transforma em herói do jogo e quando isso não acontece, o Barça sofre e parece se tornar em uma equipe banal. 

Barcelona em dificuldades em seus jogos

Ainda para mais, o Barcelona sempre vai ter muitos jogos para competir. São várias competições, que tornam difícil que todos os jogadores de futebol apareçam sempre em seu melhor nível. Depois, tem alguns casos, como os de Gerard Piqué, cada vez mais envolvido em negócios extra esportivos, e de Ousmane Dembélé, uma eterna dúvida. Um potencial enorme, mas sempre com alguma coisa atrasando sua evolução. 

Publicidade

Várias notícias dão ainda conta sobre um relacionamento ruim entre  Lionel Messi e Antonie Griezmann, e também a quebra física de alguns dos principais futebolistas do clube catalão, como são os casos de Jordi Alba, Luis Suárez ou Sergio Busquets. 

Além de todas essas condições, o Barcelona vive em um estado de depressão constante. O jogo proposto pela equipe de Ernesto Valverde não convence a torcida. E jogando sem confiança, o time parece incapaz de vencer. De acordo com a mídia, a herança deixada por Pep Guardiola continua permanecendo demasiado grande para todos seus sucessores. 

Publicidade

Lesões vêm prejudicando o Barcelona

Lesões estão sendo outro dos grandes problemas da equipe. Não tem como alguns jogadores, como Jordi Alba ou Nélson Semedo, jogarem cinco ou seis partidas seguidas, sem problemas musculares.
A lesão de ambos os laterais vêm sendo uma dor de cabeça para Ernesto Valverde.

Claro que essas lesões podem abrir as portas para Moussa Wagué. O jogador senegalês, de 21 anos, é um dos reforços do time, que ainda não foi utilizado essa temporada, mesmo ele tendo recebido a confiança da diretoria do Barcelona.

O jovem jogador é definido como um lateral moderno e, no Barça, eles estão convencidos que ele dará muitas alegrias ao primeiro time. Então, Valverde poderia olhar Wagué quase como uma assinatura de inverno, em que ele poderia ainda ajudar muito o time, na segunda metade da temporada. 

Publicidade
Next post

Neymar Jr e uma super oferta que o tira do PSG

Flamengo: Jorge Jesus manda resposta para todos os treinadores críticos ao seu trabalho