in

Flamengo toma medidas judiciais após caso Gabigol

O Globo
Publicidade

O jogo entre Flamengo e Vasco foi muito mais que um clássico. O jogo teve oito gols, muita emoção, mas infelizmente contou com as já quase tradicionais cenas lamentáveis.

Um destas cenas foi a joelhada que o gerente de futebol do Vasco, André Souza, contra Gabigol, atacante do Mais Querido.

A diretoria flamenguista já entrará nesta quinta-feira na justiça contra o dirigente do clube rival. O STJD ficará responsável por analisar o caso e decidir o que acontecerá com André Souza.

Publicidade

Flamengo vai entrar no STJD contra o Vasco

O vice-presidente jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee, falou sobre o motivo de ter aberto a representação: “em nome do bom futebol, da ética e da paz nos estádios“, disse.

Publicidade

Segundo ele, o time fará o possível para que o dirigente vascaíno seja punido com uma “condenação dura.”


Segundo Rodrigo, o fato do agressor ser um dirigente é um ponto a mais a ser analisado, uma vez que a conduta é completamente inadequada para uma disputa futebolística. O responsável pelo jurídico do Flamengo ainda afirma ter certeza que o STJD será rigoroso sobre este assunto.

Flamengo se baseia no código do CBJD em denúncia contra vascaíno

As regras dizem que agressão ou conduta imprópria à ética do esporte podem render uma suspensão de até 180 dias.

Os artigos 254-A, 257 e 258 falam sobre punições previstas em caso de agressão vindas de atletas, treinador, médico ou membro da condição técnica.

Toda a confusão começou quando, no final do jogo, os jogadores começaram um bate-boca generalizado e o dirigente deu uma joelhada no atacante do Flamengo. 

O Vasco não se pronunciou.

Publicidade
Avatar

Escrito por I Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.

Next post

Flamengo: Gabigol é agredido por dirigente do Vasco ainda no gramado e vídeo mostra tudo

Mercado da Bola: Internacional pode reformular o ataque e investir pesado para 2020