in

Craque se arrepende de ter saído do Barça, quer voltar e chama por Messi

NBC Sports
Publicidade

Xavi Simons tomou a decisão de deixar o Barça, onde ele passou a maior parte de sua vida. Com o final de seu contrato, a joia de 16 anos de idade não quis renovar com os catalães e assinou um contrato com o Paris Saint Germain. Durante alguns anos, Xavi era olhado como o futuro do Barça, sendo a maior promessa da base dos catalães. Porém, ele tomou sua decisão, deixando o Camp Nou. 

Xavi Simons como Neymar

Para muitos, a saída do craque foi um choque, se bem que algumas pessoas já esperavam. Afinal, ele está sendo agenciado por Mino Raiola, um representante bem controverso, que teria convencido o jovem em assinar com o PSG, que isso seria melhor para sua carreira, embora ele também pudesse ir para o Ajax, PSV Eindhoven, Borussia Dortmund ou Manchester United, de acordo com o site Don Balón.  

Publicidade

Então, o jogador tinha todo o conforto que o Barça oferecia para ele, todo o carinho dos fãs, mas um pouco como Neymar, ele escolheu um caminho, onde ele iria ganhar mais dinheiro, no curto prazo. Em termos econômicos, a oferta do PSG superava a do Barça e o jovem holandês não teve dúvidas e seguiu para Paris. 

Jogador não estaria mais feliz

Porém, como Neymar, também Xavi Simons já estaria se arrependendo de sua decisão. O jovem não estaria gostando dessa nova experiência e, poucos meses após ele ter chegado em Paris, ele poderia estar arrependido, de acordo com o Don Balón. 

Publicidade

O jogador ainda não falou publicamente sobre isso, mas de acordo com algumas fontes, ele já teria falado que entende perfeitamente a vontade de Neymar em ir embora do PSG, um time onde também ele não está sendo feliz. Ainda de acordo com o Don Balón, o jogador estaria querendo voltar para o Barça e até estaria falando com Messi, se bem que ele tem um contrato com o PSG, e as relações entre os dois times não são nada fáceis. 

Publicidade
Next post

Mercado da Bola: vilão da eliminação pelo River Plate em 2018 pode estar chegando ao Grêmio

Neymar e duas condições para seguir no PSG