in

Mesmo em alta, Flamengo tem faturamento com TV e patrocínio em baixa; entenda

90 min
Publicidade

Que o Flamengo está vivendo uma das melhores fases de sua história ninguém duvida: o clube carioca faturou em nove meses de 2019 mais que o que conseguiu nos anos de 2017 e 2018 inteiros.

Os números, para se ter uma ideia, são tão altos que ultrapassam meio bilhão de reais. De acordo com dados disponibilizados pelo próprio clube, entraram R$ 634 milhões de reais nos cofres até o mês de setembro.

Publicidade

Flamengo vê sua receita em alta

O valor é um recorde, já que em 2018, foram R$ 516,78 milhões em receitas; e, em 2017, R$ 623,68 milhões. O crescimento de procura por produtos do time, além da massiva presença dos torcedores nas partidas são bem altos em comparação ao mesmo período em 2018.

O bom momento vivido pelo Flamengo fez com que a bilheteria crescesse muito: R$ 65,3 milhões este ano, ante R$ 39,8 em 2018.

Publicidade

Direitos federativos rendem muito para o Flamengo

O repasse dos direitos rendeu pra o clube incríveis R$ 295 milhões, contra somente R$ 63,5 milhões no mesmo período ano de 2018. A ida de Paquetá para o Milan, de Uribe para o Santos, de Jean Lucas para o Lyon, de Cuéllar para o Al Hilal e outros ajudaram no montante.

Mesmo assim, o dinheiro com a televisão caiu. A nova divisão dos valores de direito das transmissões caiu de R$ 175,4 milhões em 2018 para R$ 161,3 milhões em 2019. 

O valor vindo de patrocinadores também caiu: de R$ 64,5 milhões para R$ 51,9 milhões em 2019.

Em relação aos gastos, o Flamengo negociou R$ 109,3 milhões contra R$ 13,4 em 2018. A folha de salários também apresentou alta: de R$ 175,6 milhões há um ano para R$ 215,6 milhões.

Publicidade
Avatar

Escrito por I Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.

Next post

Mercado da bola: jovem craque do Grêmio é sondado por gigantes da Europa

Cristiano Ronaldo o leva para a Juve: é amigo de Messi e estrela do Barça