in

Após derrota, Corinthians vive momento complicado e até jogadores serão vendidos

Globo Esporte
Publicidade

O Corinthians está vivendo o seu maior jejum em seis anos. O time paulista está há sete jogos sem conseguir uma vitória. Este é o pior momento desde 2013.

A última vitória do Timão foi há quase um mês, quando conseguiu ganhar da Chapecoense na Arena Condá, numa vitória magrinha, de 1×0. Nos últimos jogos, o time empatou quatro vezes e foi derrotado outras três.

Publicidade

O jogo de quarta-feira (30) só ajudou a piorar a situação de bastidor no clube: Andrés Sanchez usou o espaço do pós jogo para desabafar sobre a atual situação do time, mas evitou falar se demitirá o técnico Fábio Carille.

Entre as frases mais pesadas de Sanchez está uma onde ele diz que existem jogadores que já querem sair de férias. “Estamos passando vergonha“. O presidente do clube ainda afirmou que o Corinthians está “apático”.

Publicidade

Sobre o período sem vencer, ele considera um “absurdo”, uma “vergonha para todo mundo”.

Carille pensa em sair do Corinthians

Impactado pela derrota contra o CSA e pela falta de reação do time em campo, o técnico está pensando em abandonar seu cargo no clube alvinegro.

Ele não deu entrevista e afirmou que se encontrará com a imprensa no CT Joaquim Grava, em dia de treino. Porém, o Globo Esporte afirma que ele pode deixar o time ainda nesta quinta-feira (31).

Corinthians vive momento tenso nos bastidores

Além dos torcedores fazerem muita pressão pela saída do técnico e por uma reação por parte da diretoria, pichando “Acabou a paz” no muro do Parque São Jorge, os números de receita do clube estão no negativo.

De acordo com a mídia especializada, o clube está com um déficit em aberto de R$ 170 milhões (só em 2019) e terá que vender jogadores para evitar que a dívida geral ultrapasse os R$ 700 milhões.

Publicidade
Avatar

Escrito por I Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.

Next post

Palmeiras: Felipe Melo será julgado pelo STJD após confusão em clássico

Gabigol atingirá marca impressionante e histórica pelo Flamengo se marcar gol hoje