in

Corinthians deve tomar medida drástica para não fechar no vermelho

Daniel Augusto Jr.
Publicidade

O Corinthians não está vivendo uma boa fase dentro de campo e fora dos gramados outros problemas estão enchendo de preocupação a mente dos dirigentes. Além de não vencer há seis jogos, o clube está mal das pernas no quesito financeiro.

De acordo com informações da mídia especializada, o time paulista está com um déficit de nada mais, nada menos que R$ 170 milhões somente este ano. Sem divulgar os balanços financeiros mês a mês como já era de costume, o clube acende o sinal vermelho nos bastidores e deverá tomar drásticas atitudes para evitar que a crise se acentue.

Publicidade

Gastos do Corinthians preocupam dirigência

O departamento de futebol está no vermelho com R$ 127 milhões negativos na conta. A dívida total do time já está caminhando para os R$ 700 milhões. Esta seria a projeção que o próprio Corinthians estaria esperando.

Questionado sobre a situação, Andrés Sanchez preferiu não comentar os números negativos do Timão. De acordo com ele, não haverão comentários sobre números que não foram publicados de maneira oficial.

Publicidade

O que está deixando o Corinthians no vermelho?

De acordo com o Globo Esporte, as principais causas do déficit são as cotas de TV serem pagas somente no final da temporada, além dos altos investimentos em contratações no começo do ano.

Além disso, contribuiu para o negativo do clube, a falta de venda de jogadores que arrecadaria cerca de R$ 50 milhões (nem a metade deste valor foi batido), além dos valores de bilheteria estarem sendo usados para pagar o financiamento do estádio.

Portanto, a medida drástica a ser tomada pelo alvinegro será a venda de jogadores. O ideal, de acordo com as projeções internas, seria fechar as vendas até dezembro para suavizar os números negativos do ano de 2019.

Publicidade
Avatar

Escrito por I Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.

Next post

Palmeiras x São Paulo: saiba o que esperar do jogo que terá direito a reencontro polêmico

Ameaça de Messi no Barça que abala o futebol mundial