in

Mercado da bola: São Paulo pode atravessar Grêmio por camisa 10 pedido por Diniz

Divulgação São Paulo
Publicidade

O treinador Fernando Diniz ainda não sabe se vai continuar no São Paulo no ano que vem. O contrato do treinador vence em dezembro e ele ainda não foi procurado para tratar de renovação, que depende do desempenho do Tricolor dentro de campo.

Apesar disso, o treinador tem atuado na confecção do time para 2020. O São Paulo deve contar com apenas três ou quatro reforços para a próxima temporada. A diretoria entende que o elenco atual é forte o suficiente e só vai contratar jogadores que sejam incontestáveis.

Publicidade

Atualmente, o São Paulo ocupa a quarta posição na tabela de classificação do Brasileirão e abriu quatro pontos sobre o quinto colocado, Internacional. Os quatro primeiros vão direto para a fase de grupos da Libertadores.

Camisa 10 do Fluminense interessa ao São Paulo

Entre os nomes cotados para defender o São Paulo na próxima temporada está o meia Danielzinho, de 23 anos, que é titular absoluto do Fluminense comandado por Marcão.

Publicidade

O jogador foi procurado pela diretoria do Fluminense, mas a proposta feita não o agradou. Ele receberia menos de R$ 100 mil mensais e, a informação que rola nos bastidores, é de que ele estaria com salários e direitos imagens atrasados.

Grêmio se interessa por Danielzinho

Além do São Paulo, Danielzinho interessa a outro gigante do futebol brasileiro: o Grêmio de Renato Portaluppi, que deve formalizar uma oferta nas próximas semanas. O Tricolor do Rio Grande do Sul passa por reformulação do elenco e muitos nomes devem sair. Alguns outros devem chegar.

Caberá ao staff de Danielzinho definir qual será o destino do jogador na próxima temporada.

    

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Next post

Mercado da bola: vendas de Antony, Igor Gomes e Liziero são necessárias ao São Paulo

Ibrahimović poderia jogar a final da Libertadores pelo Flamengo? Veja o que diz a Conmebol