in

Novo Mundial de Clubes de 2021 já teria quatro times europeus garantidos; veja quais

Divulgação - Fifa
Publicidade

Na próxima semana, a Fifa oficializará o novo Mundial de Clubes. Totalmente remodelado, o torneio será disputado apenas de quatro em quatro anos, e deve contar com 24 participantes. Antecedendo o anúncio da entidade, a imprensa internacional já publica alguns rumores de como seriam os critérios para classificação, bem como crava que a China deve ser o palco escolhido para a primeira edição da competição em 2021.

Participação europeia no Mundial de Clubes

Insatisfeitos desde quando a Fifa iniciou as tratativas para alterar o formato do Mundial, os europeus terão oito representantes na competição. O número em si, é inferior ao que a Fifa esperava. A entidade máxima queria que 50% dos participantes fossem do Velho Continente, mas a Uefa bateu o pé.

Publicidade

Segundo fontes ligadas à AP, os critérios de classificação para equipes europeias já estão definidos. Para jogar o torneio, a equipe precisará ter vencido a Champions League ou Liga Europa. 

Neste cenário, entrariam os vencedores das duas competições continentais das temporadas 2017/18, 2018/19, 2019/20 e 2020/21. Diante disso, Real Madrid e Liverpool já estariam garantidos pela Champions, ao passo que Atlético de Madrid e Chelsea se classificariam por terem conquistado a Liga Europa.

Publicidade

Vagas para o torneio

Se de fato for confirmada a Europa com oito representantes, as demais vagas seriam distribuídas da seguinte forma:  seis times da América do Sul, três da América Central e do Norte, três do continente africano, três da Ásia e um da Oceania, totalizando assim 24 participantes.

Diante da confirmação da Fifa, a Conmebol deve, brevemente, definir quais serão os critérios para as equipes carimbarem vaga para o novo torneio.

Publicidade
Next post

Mercado da Bola: Atlético-MG e uma indefinição que preocupa Rui Costa para 2020

Messi e a última sobre Neymar que muda tudo: ‘bombástico’