in

Messi deixou uma grande dúvida nos fãs e nem os argentinos gostaram

Daily Express
Publicidade

Leo Messi deu uma entrevista para a Radio Metro, após ele ter ganhado sua sexta Bota de Ouro. O astro argentino foi o melhor artilheiro, na Europa, na temporada passada, batendo seu próprio recorde e conquistando esse prêmio pela sexta vez. Na entrevista, o craque do Barça foi muito sincero, como é seu jeito, deixando algumas declarações impressionantes sobre seu futuro. O argentino falou, sem problemas, de seu acordo com o Barcelona e foi aí que ele acabou deixando algumas dúvidas nos torcedores do clube catalão. 

Messi conta tudo sobre seu contrato


“A certa altura, se conversou sobre um contrato de vida, como fizeram com Iniesta. O que eu disse foi que não queria um contrato que me amarrasse. Não quero ficar se não estiver bem”
, revelou Messi, quando foi questionado sobre esse acordo, que o deixa livre já no final da temporada, desde que ele avise em maio.  

Publicidade

O argentino, de 32 anos de idade, e recentemente elegido o melhor jogador do mundo só precisaria alertar o Barça até o mês de maio de 2020 e, depois, ele poderia sair livremente, de graça, para qualquer outro time. 

Do lado do Barça, tem sempre aquela segurança de que o jogador gosta mesmo do time e da cidade. Porém, os torcedores não estariam assim tão confiantes de sua continuidade, especialmente depois de Messi falar o que ele espera para seu futuro. “Quero competir, executar mais e continuar lutando por um objetivo, não por um contrato”, falou o atacante, deixando bem claro que ele espera um time bem competitivo para lutar pelos objetivos do seu lado.

Publicidade

Messi admite o pior erro de todos os argentinos

Porém, talvez essa revelação sobre seu contrato nem tenha sido o mais surpreendente de toda a entrevista de Messi. O craque falou ainda sobre os argentinos, deixando algumas palavras inesperadas. “Um dos nossos maiores erros [dos argentinos] é acreditar que somos os melhores de todos. E a verdade é que em muitas coisas estamos muito distantes. Eu tive que lutar, tive que deixar meu país, meu povo, meus amigos com 13 anos”, explicou o astro do Barcelona. 

Publicidade
Next post

Mercado da Bola: clube inglês faz proposta de R$ 80 milhões por jogador do Palmeiras

Craque brasileiro poderia jogar o Euro com a Espanha