in

Messi revela seu maior medo sobre Neymar

Getty

A rádio espanhola RAC1 transmite, essa quarta-feira (08), uma grande entrevista com Leo Messi. O argentino fala sobre vários assuntos que estão marcando a atualidade do Barça e, essa noite, a rádio já está passando algumas das falas mais importantes da entrevista. Nomeadamente sobre os pensamentos de Messi em relação a Neymar e tudo que aconteceu nos últimos meses. 

Messi temeu ver Neymar no Real Madrid

Messi expressou seu maior medo esse início de temporada. “Pensei sinceramente em um momento, especialmente nesse mercado, que se ele [Neymar] não viesse para aqui, ele iria a Madri, porque achava que ele queria sair”, revelou Messi sobre o agora jogador do PSG. 

Publicidade

Durante vários anos, Messi e Neymar atuaram juntos no Barça, até que o astro brasileiro tomou a decisão de ir embora para Paris. Porém, eles continuam bem amigos, e Messi chegou mesmo acreditar que poderia ter que enfrentar o parceiro em seu maior rival. “Ele disse isso, queria uma mudança, para deixar Paris. E pensei que Florentino e o Real Madrid fariam algo para levá-lo embora”, continuou Messi, na entrevista. 

Messi defende Dembélé

Em outro dos assuntos do momento, Messi contou sobre o que realmente se passou em campo, no domingo (06). Dembélé acabou expulso, supostamente por palavras que ele falou para o juíz. Messi estava por perto e, como capitão de equipe, apressou em defender Dembélé junto de Mateu Lahoz. Porém, nada mais havia para fazer, e Dembélé estava expulso.

Publicidade

Agora, o argentino continua defendendo seu jovem companheiro e explica tudo. Então, Dembélé foi expulso por supostamente falar para o árbitro: “Você é muito ruim”. E Messi não acredita que Dembélé tenha falado isso e ele tentou explicar para Lahoz que o francês não sabe falar tão bem assim o espanhol. “Ficamos surpresos que ele tenha entendido tão claramente, porque a verdade é que Ousmane ainda tem dificuldade para falar espanhol”, explicou Messi. 

Publicidade
Next post

Fora? Futuro de Alexandre Pato no São Paulo será definido após conversa com Fernando Diniz

Craque brasileiro pede mais minutos, em mais um problema para Zidane