in

China Open: semana preparatória para Masters 1000 de Xangai tem Thiem, Zverev e Murray

Divulgação / ATP Tour
Publicidade

Começou nesta segunda-feira (30) o China Open, evento ATP 500 que serve de aquecimento para o Masters 1000 de Xangai. Apesar da ausência de nomes como Federer, Nadal e Djokovic, o evento conta com Stefanos Tsitsipas, Dominic Thiem, Alexander Zverev e Karen Khachanov. Estes tenistas ainda brigam por vaga no ATP Finals, torneio que reúne os oito melhores tenistas do ano em Londres, e devem esquentar a disputa em Pequim.  

Alexander Zverev fez sua estreia ainda no primeiro dia. O alemão venceu Frances Tiafoe por 2 sets a 0, com placar final em 6-3 e 6-2. O russo Khachanov também estreou com vitória de dois sets sobre Pablo Cuevas. Thiem entra em quadra na terça-feira (01). A disputa do austríaco número cinco do mundo contra Richard Gasquet está marcada para não antes das 03h da manhã (horário de Brasília). Já Tsitsipas jogará contra Dušan Lajović não antes das 04h.

Publicidade

Andy Murray – o campeão está de volta

Apesar de ocupar apenas a posição de número 503 no ranking da ATP, a grande atração do evento é Andy Murray. O britânico, ex-número 1 do mundo, está de volta à China após levantar o título em 2016, contra Grigor Dimitrov.

Após cogitar aposentadoria devido a lesão no quadril, Murray voltou ao circuito na metade do ano, mas ainda não conquistou uma sequência de vitórias em simples. Na semana passada, pelo ATP 250 de Zhuhai, perdeu na segunda rodada para Alex de Minaur, que se consagrou campeão do evento.
Murray estrea contra o italiano Matteo Berrettini também nesta terça-feira (01).

Publicidade

Quer acompanhar?

No Brasil é a BandSports quem tem o direito de transmissão dos torneios ATP 500. Para acompanha-lo é preciso ser assinante do serviço através de uma TV por assinatura.

Uma outra opção para o fã de tênis é a Tennis TV. O serviço de streaming da própria ATP transmite os principais jogos com narração em inglês.

Publicidade
Next post

Mercado da Bola: Flamengo e Corinthians estariam de olho em joia do Santos

Novak Djokovic antes da estreia no Japão: “Quero poder criar meu próprio legado”