in

Santos: Gustavo Henrique desabafa e cita trabalho de Jorge Sampaoli após empate na Série A

Reprodução/UOL
Publicidade

Fluminense e Santos se enfrentaram nesta última quinta-feira, 26 de setembro, em partida válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. O confronto aconteceu no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, e terminou empatado pelo placar de 1×1.

Abre aspas para Gustavo Henrique

O zagueiro Gustavo Henrique, um dos principais zagueiros do Santos na temporada 2019, é jogador de confiança do técnico Jorge Sampaoli e vem atraindo a atenção de outros clubes importantes no mercado da bola. O jogador concedeu entrevista após o empate diante do Fluminense e citou também o trabalho de seu comandante. Confira!

“Difícil falar porque não entramos em campo para perder ou empatar. Desde a chegada do Sampaoli implantamos a filosofia dele. Tentamos fazer o máximo. Hoje faltou mais frieza para fazer o gol e trabalhar a bola. Soteldo estava bem e direto livre no um contra um, mas forçamos muito”, declarou o jogador do Santos.

Publicidade

Confusão na partida

O Fluminense entrou em campo em situação complicada e precisa, ao menos, de um empate para deixar a zona de rebaixamento da competição nacional de pontos corridos. O resultado foi alcançado, no entanto, não foi o suficiente para afastar o perigo de queda do técnico Oswaldo de Oliveira.

Publicidade

Ainda durante a partida, o técnico optou pela substituição de Paulo Henrique Ganso. O jogador não gostou da alteração e proferiu xingamentos direcionados ao treinador, dando início a uma confusão na beirada do gramado.

Após a partida, o técnico Oswaldo de Oliveira concedeu entrevista e afirmou já ter se acertado com o jogador no vestiário. O site Globo Esporte, por sua vez, garante que uma reunião está marcada para esta sexta-feira, 27 de setembro, e que o resultado poderá ser a demissão do atual treinador do Fluminense.

Publicidade
Next post

Copa do Nordeste 2020: confira como ficaram os grupos da competição após o sorteio

Caiu! Após discussões com Ganso, Oswaldo de Oliveira é demitido do Fluminense