in

Neymar e Barcelona não encerram polêmica por bônus e caso vai para julgamento

Divulgação
Publicidade

Na última janela de transferências Neymar e Barcelona intensificaram um longo namoro para o retorno do atacante à Catalunha, contudo, nem isso foi o suficiente para as duas partes chegarem a um acordo amigável acerca de uma bonificação contratual que o craque cobra do clube blaugrano.

Em audiência realizada na manhã desta sexta-feira (27), o jogador e representantes do Barcelona não conseguiram chegar a um acerto, e o caso será disputado em julgamento.

Segundo a imprensa da Catalunha, os advogados do clube deixaram o local da audiência, a Cidade da Justiça de Barcelona sem dar muitas informações, mas deixaram claro que a situação será resolvida em julgamento, que pode ocorrer ainda nesta sexta-feira.

Publicidade

O caso

No ano anterior da saída de Neymar do Barcelona, o clube blaugrano prometeu ao jogador um bônus caso ele renovasse contrato até 2021, fato que foi fechado entre as duas partes. Contudo, meses depois, o brasileiro fechou com o PSG. 

Publicidade

O valor acordado pela bonificação seria de 26 milhões de euros, mas Neymar exige o recebimento de 43 milhões de euros, por conta do atraso do pagamento. Após o jogador e seu pai entrar na Justiça contra o clube catalão, o Barça também acionou os tribunais requerendo os 14 milhões de euros pagos, além de danos e prejuízos pelo não-cumprimento de contrato.

A defesa do Barcelona alega que a ida de Neymar para o PSG representou a quebra do contrato e, por isso não pagou os 100% da bonificação. De acordo com a agência AFP, o time blaugrano apresentou uma queixa por já ter pago parte do valor ao jogador.

Publicidade
Next post

Situação entre Messi e Griezmann preocupa no Barça

Goleada sobre o CSA faz Palmeiras atingir marca expressiva na temporada 2019