in

Situação entre Messi e Griezmann preocupa no Barça

FC Barcelona noticias
Publicidade

Leo Messi e Antoine Griezmann jogaram juntos, de início, pela primeira vez, na temporada. Com a lesão do argentino, a dupla de quem tanto se espera viu adiada a estreia e, assim que eles se cruzaram no gramado, a verdade é que aconteceu o gol. Oito minutos de jogo e Messi deu assistência para o gol de Griezmann. Porém, não durou muito a parceria, até porque Messi sairia novamente lesionado, pouco depois, na partida com o Villarreal.

Falta de entrosamento no ataque

Em apenas 45 minutos juntos, muitos fãs notaram falta de entrosamento no ataque, o que até é normal, tendo em conta que eles nunca haviam jogado juntos. Falta ainda esse entrosamento, para que eles possam se entender e para que esse ataque resulte melhor. Muitos notaram ainda que a presença de Griezmann pode prejudicar o jogo do capitão do Barça, porque o francês ocupa os espaços em que Messi prefere atuar. 

Talvez essa seja uma das grandes razões pelas quais eles não estão se dando tão bem assim. Não que eles sejam inimigos ou rivais, mas o relacionamento entre ambos não seria tão forte assim. Messi teria ainda um pé atrás com Griezmann por tudo que aconteceu na temporada passada, quando a chegada do francês foi anulada no último momento. 

Publicidade

Griezmann em dificuldades em sua adaptação

A verdade é que Griezmann ainda está longe do melhor nível que ele mostrava no Atlético de Madrid. O jogador francês ainda não está perfeitamente adaptado e todas essas lesões, de Messi, Suárez e Dembélé no início da temporada não têm ajudado a que esse ataque se torne mais fluido. 

Publicidade

De acordo com o site Don Balón, alguns jogadores não teriam aprovado a chegada de Griezmann, por tudo que aconteceu no ano passado. No caso de Messi, ele também teria ficado incomodado com essa contratação, porque ele vê em Griezmann um possível obstáculo para seu amigo Luis Suárez, também ele longe de sua melhor forma. Messi teria preferido a chegada de Neymar, seu amigo, e com quem eles se entrosariam bem melhor no ataque. 

Publicidade
Next post

Zidane e todo o Real Madrid sem palavras com a última de Rodrygo

Neymar e Barcelona não encerram polêmica por bônus e caso vai para julgamento