in

Técnico do PSG confirma retorno de Neymar e craque brasileiro joga neste sábado (14)

Divulgação: PSG
Publicidade

Depois de uma longa novela e quatro meses sem defender a camisa do Paris Saint-Germain, Neymar voltará a campo neste sábado (14). A partir de 12h30 (horário de Brasília), o PSG encara o Strasbourg, pelo Campeonato Francês.

O treinador Thomas Tuchel relacionou Neymar para o jogo. Resta saber se o atacante será titular ou começará a partida no banco e ganhará uma chance no segundo tempo.

Publicidade

Tuchel afirmou que está contando com Neymar e demonstrou felicidade pelo fato de o mercado de transferências internacionais ter fechado e o jogador ter continuado na equipe francesa.

Técnico do PSG confia em Neymar

Tuchel confia no futebol de Neymar e acredita que o atacante pode ajudar o PSG no Campeonato Francês e, especialmente, na Liga dos Campeões. “Estou confiante de que Neymar dará tudo para nos ajudar a alcançar nossos objetivos nesta temporada”, afirmou o treinador.

Publicidade

A volta de Neymar acontecerá no Parque dos Príncipes, diante da torcida do PSG. A reação da torcida ao jogador ainda é incógnita, mas ele deve estar preparado, inclusive, para ouvir vaias toda vez que tocar na bola.

Publicidade

Neymar quase saiu do PSG

Ao final da temporada passada, em junho, Neymar afirmou que gostaria de deixar o PSG. A ideia principal era voltar ao Barcelona, mas o negócio não foi fechado e o brasileiro permaneceu no time francês.

Em meio a tudo isso, Neymar foi acusado de estupro por Najila Trindade e se contundiu e ficou fora da Copa América. O caso Najila foi resolvido e o ficou livre de qualquer acusação. A seleção venceu a Copa América sem Neymar. O jogador voltou a atuar pela amarelinha na sexta-feira (6), em amistoso contra a Colômbia.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Next post

Se Luis Suárez e Messi saírem do Barça, esses dois podem chegar

Deputados mudam nome do Estádio Rei Pelé para Rainha Marta e causam polêmica em Alagoas