in

PSG teria se cansado de Neymar e tomado nova decisão

Globo Esporte
Publicidade

Foi um dos assuntos mais falados desse mercado de transferências, mas promete mais ainda para a próxima temporada. Neymar acabou se mantendo no PSG, embora tudo fizesse crer que o jogador se iria transferir para Barcelona.

Porém, isso não aconteceu ainda, mas as coisas estariam mais perto de acontecer, quando, de acordo com o site Don Balón, o PSG estaria finalmente decidido em vender Neymar, pelo maior lance durante o próximo período de transferências.

Publicidade

PSG mudou sua posição

Após as intensas negociações que ocorreram durante esse mercado de transferências, os franceses acabaram rejeitando todas as propostas, não cedendo às pretensões da estrela brasileira. Supostamente, nenhuma proposta teria agradado para a diretoria do PSG e eles não achariam justo deixar Neymar ir embora, por esses valores. 

Entre os interessados, se destacaram o Barcelona, especialmente, mas também o Real Madrid, que teriam oferecido elevados valores em dinheiro, e também jogadores na troca. Porém, a intransigência do PSG impediu a transferência, e o jogador acabou ficando em Paris.

Publicidade

Neymar poderia sair já em janeiro

Agora, já com a nova temporada decorrendo e quando tudo parecia regressar em uma normalidade, em Paris, parece que Leonardo, o diretor esportivo do PSG, teria mudado sua opinião. De acordo com o site Don Balón, Leonardo está preparado para vender Neymar, assim que abrir uma nova janela de transferências na Europa, ou seja, em janeiro de 2020.

Publicidade

A decisão teria sido tomada levando em consideração o enorme desgaste existente no relacionamento com o jogador, que aumentou ainda mais durante as negociações. Então, novamente, Barcelona e Real Madrid devem iniciar as negociações, fazendo suas ofertas, sabendo agora, que o PSG está mais aberto para negociar e disponível para vender. 

Publicidade
Next post

Tardelli ironiza favoritismo do Flamengo na Libertadores e faz polêmica declaração

Atacante revelado pelo Flamengo vira a casaca e assina contrato com o Botafogo