in

Basquete: seleção brasileira surpreende, vence Grécia e avança na Copa do Mundo

Divulgação: FIBA

A seleção brasileira de basquete passou por maus momentos nos últimos anos. Mês passado, não participou do Pan-Americano, torneio considerado a segunda divisão do basquete olímpico, porque não alcançou índice. O resultado foi considerado vergonhoso.

Na Copa do Mundo de basquete, a seleção brasileira está no grupo F, ao lado de Nova Zelândia, Grécia e Montenegro. Antecipadamente, os homens brasileiros garantiram vaga na próxima fase da competição e receberam elogios de ninguém menos do que Oscar.

Publicidade

A seleção encerra a participação na primeira fase na quinta-feira (5), às 5h (horário de Brasília) – o Mundial está sendo disputado na China. O jogo será transmitido ao vivo pelo canal SporTV 2.

Brasil vence Grécia e se classifica

Diante da forte seleção grega, com nomes como Giannis Antetokounmpo (MVP da NBA) e Calathes, Sloukas, Papagiannis e Printezis (todos com sucesso no futebol europeu).

Publicidade

Os gregos chegaram a abrir 15 pontos de vantagem. A vitória parecia algo muito difícil para a seleção brasileira, mas Varejão, Leandrinho, Alex, Caboclo, Marquinhos, Rafa Luz e companhia conseguiram virar a partida e fecharam em 79 a 78.

A vitória sobre a forte seleção grega somada à vitória da Nova Zelândia sobre Montenegro garantiram a seleção brasileira na próxima fase do Mundial. A luta pela vaga nos Jogos Olímpicos do ano que vem continua.

Brasil supera Nova Zelândia na estreia

Na estreia na Copa do Mundo, no domingo (1º), a seleção brasileira superou a Nova Zelândia por 102 a 94. O resultado positivo foi bastante comemorado pelos jogadores, pela comissão técnica e pelos brasileiros que acompanham este esporte.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Next post

Flamengo: jornalista alfineta Vasco, Flu e Botafogo e crava: ‘futebol do Rio tem um time’

Flamengo: renovação de joia da base terá maior multa rescisória da história do clube