in

Jurgen Klopp e a última sobre Philippe Coutinho, que ninguém esperava

Evening Standar

Resolvido o caso de Philippe Coutinho, seu antigo treinador, Jurgen Klopp, pode finalmente falar abertamente sobre a situação do jogador brasileiro. Coutinho era um dos melhores jogadores do Liverpool, quando ele decidiu forçar sua saída para o Barcelona. O time inglês acabou aceitando vender o jogador, por um valor próximo dos 160 milhões de euros, após alguns meses complicados para todos. O jogador mostrava sua insatisfação no Anfield Road, sabendo do interesse do Barcelona. 

Philippe Coutinho no Bayern de Munique

Certo é que ele não foi mais feliz no Barcelona e um ano e meio após sua chegada, o craque brasileiro saiu, por empréstimo, para o Bayern de Munique, tentando relançar sua carreira. Durante algumas semanas, se falou muito sobre o novo destino de Philippe Coutinho, quando parecia claro que o jogador não podia seguir no Barcelona. 

Na mesa, estiveram várias possibilidades. O jogador poderia regressar na Premier League, onde ele foi mais feliz, entrar na operação Neymar e se mudar para o PSG, e até a Inter de Milão teria mostrado interesse. Porém, a decisão final do craque brasileiro foi o Bayern de Munique, uma decisão que teria sido tomada meses atrás, de acordo com a diretoria do Barcelona. 

Klopp queria Philippe Coutinho de volta

Entretanto, o astro brasileiro foi oficializado na Alemanha. O Bayern vai pagar perto de 10 milhões de euros pelo empréstimo, o salário do craque e fica com opção de compra de 120 milhões de euros, no final da temporada. Jurgen Klopp é que ainda não esqueceu seu antigo jogador. Apesar de o Liverpool estar em um momento muito bom, o treinador alemão admite que ainda tentaram o regresso do jogador brasileiro

“Pode até parecer um pouco estranho, mas nós não tínhamos dinheiro para fechar a contratação por empréstimo”, falou Jurgen Klopp, revelando ainda que o Liverpool “gastou todo o dinheiro” que recebeu por Coutinho, o que fica fácil de entender. Afinal, o Liverpool contratou Virgil Van Dijk e o goleiro Alisson, que custaram quase todo esse valor de 160 milhões de euros. 

No entanto, o treinador alemão revelou que o Liverpool teve realmente essa vontade de recuperar o jogador. Porém, eles não puderam competir com o Bayern de Munique, uma revelação que poucas pessoas poderiam imaginar sobre o atual vencedor da Champions. “É um jogador de classe mundial que consegue fazer a diferença no ambiente certo“, falou ainda Jurgen Klopp sobre o brasileiro Philippe Coutinho

Next post

Mercado da Bola: Cuca indica dois atacantes, e São Paulo vai atrás

Corinthians x Fluminense: confira a provável escalação do Timão na Sul-Americana