in

Masters 1000 de Cincinnati: Marcelo Melo e Bruno Soares passam às quartas de final

Foto: Ayumi Photos. Divulgação / Twitter
Publicidade

Nesta sexta-feira (16) começam as disputas de quartas de final no Masters 1000 de Cincinnati. Ao contrário do que aconteceu na semana passada, em Montreal, desta vez os duplistas brasileiros continuam no torneio. Marcelo Melo, que faz dupla com Lukasz Kubot, irá enfrentar Ivan Dodig
e Filip Polášek por vaga nas semifinais. Por outro lado, Bruno Soares e Mate Pavic jogam contra Raven Klaasen e Michael Venus. 

Melo e Kubot tiveram um jogo tranquilo nas oitavas de final, e venceram o chileno Cristian Garin e o francês Benoit Paire por 2 sets a 0 e parciais de 6/4 e 6/3. O jogo durou pouco mais de uma hora. Soares e Pavic tiveram que derrotar outro brasileiro para passar de fase. Com certa dificuldade, eles venceram Marcelo Demoliner e Daniil Medvedev também por 2 sets a zero, mas com disputa de tie-break. O placar final foi de 7/5 e 7/6 (5). Esta será a primeira disputa de quartas de final de Soares e Pavic, que formaram a dupla em junho deste ano. 

Publicidade

Disputa de irmãos

Outro jogo de duplas em que chama atenção nas quartas de final é um duelo entre irmãos. Andy Murray e Feliciano Lopez enfrentam Jamie Murray e Neal Skupski.
A partida está marcada para 23h30 de Brasília desta sexta-feira (16).

Os irmãos Murray já se enfrentaram uma vez antes. Foi na Coupe Rogers 2015, o Masters 1000 do Canadá. Na ocasião Jamie (com Peers) derrotou Andy (dupla de Paes) por 6-4, 7-6 (9) em confronto pela segunda rodada. 

Publicidade

O outro duelo das quartas

Juan Sebastian Cabal e Robert Farah garantiram vaga entre os oito finalistas com uma vitória por 7-6 (3), 6-7 (5) e 10-8 sobre Rohan Bopanna e Denis Shapovalov. Com o triunfo, Cabal e Farah se garantiram no ATP Finals de 2019, que acontece em novembro. Esta é a primeira dupla a se classificar para a competição que reúne apenas os oitos melhores duplistas.

Cabeças de chave número um do torneio, os colombianos agora vão enfrentar Henri Kontinen e John Peers. A dupla salvou um match point no tie-break de sua vitória por 6-1, 3-6 e 12-10 sobre Diego Schwartzman e Horacio Zeballos.

Publicidade
Next post

Zidane afasta Neymar e escolhe seu favorito

Andy Murray deve trocar duplas no US Open por disputa em torneio de Challenger