in

São Paulo: Daniel Alves e Juanfran mudam mentalidade no vestiário do Tricolor

Rubens Chirri (saopaulofc.net)
Publicidade

A torcida do São Paulo ficou muito feliz com a chegada de Daniel Alves e Juanfran. Ambos são laterais-direitos. O primeiro atuou como destaque no Barcelona e se despediu da Europa jogando pelo Paris Saint-Germain.

Já o segundo construiu uma carreira sólida no Atlético de Madrid, onde saiu em junho com muitas homenagens e honras; e também defendeu a seleção espanhola. Ambos chegaram ao São Paulo como contratações de peso.

Publicidade

Além da qualidade técnica, porém, há a intenção de transformar o vestiário do São Paulo em um ambiente vencedor. Nos últimos anos, a direção até conseguiu montar bons times, mas os resultados não vieram em campo. De 2009 para cá, o Tricolor conquistou apenas um título: a Copa Sul-Americana de 2012.

Diego Lugano fala sobre mentalidade vencedora

Na última sexta-feira (9), o São Paulo apresentou Juanfran e Lugano, superintendente de relações institucionais do clube, comentou sobre a chegada do jogador espanhol. “Sabemos que nosso clube e nosso vestiário precisam globalizar mais um pouquinho, com filosofias diferentes, como ele vai trazer“, afirmou Lugano, falando sobre o espanhol.

Publicidade

Lugano disse ainda que é preciso ter humildade para aprender e ouvir uma nova filosofia de profissionalismo, ideias e táticas. Ele ainda afirmou que Juanfran se enquadra nos valores históricos do São Paulo.

Juanfran quer ganhar

A entrevista do ex-lateral do Atlético de Madrid mostrou qual sua filosofia. Na coletiva, ele afirmou que quer “trabalhar, trabalhar e trabalhar para ganhar“. Segundo ele, o importante é ganhar e é isso que a torcida quer.

O São Paulo não conquista um título desde 2012. Entre 2009 e 2019, o Tricolor chegou à semifinais de Libertadores, final do Paulistão, foi vice brasileiro, mas não conseguiu faturar títulos.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Next post

Cruzeiro: Globo evita novo ‘Caso Sidão’ e tira prêmio de craque do jogo de Egídio

A última bagunça no Barça, que envolve Messi e Neymar