in

Masters 1000 de Montreal: duplistas brasileiros são eliminados na primeira rodada

Dibulgação / Instagram

O Masters 1000 do Canadá, conhecido também como Coupe Rogers, já começou, mas com notícias ruins para o Brasil. Além de não contar com nenhum brasileiro disputando a chave de simples, os dois duplistas participantes em Montreal deram adeus à competição ainda na primeira rodada. 

Na noite desta terça-feira (06), Marcelo Melo e Lukas Kubot foram superados por Andy Murray e Feliciano Lopez. O jogo foi decidido no detalhe, e o placar bastante apertado, com os atuais vencedores do ATP 500 de Queens fechando-o em 6(5)-7, 6-3 e 11-9. 

No dia anterior, Bruno Soares, que joga ao lado de Mate Pavic, perdeu para a dupla de Andrey Rublev e Alexander Zverev por 6-3 e 7-6(3). Apesar dos jovens serem especialistas em simples, Rublev e Zverev já fizeram duplas nos campeonatos juniores, onde tiveram bastante sucesso. 

Em 2018, ambos os jogadores do Brasil, com suas respectivas duplas, haviam chegado à segunda rodada. Assim, Marcelo e Bruno perderão 35 pontos cada no ranking da ATP.

Bruno Soares e Mate Pavic ainda não embalaram

Em maio de 2019, Bruno Soares anunciou o fim de sua parceria com Jamie Murray. A despedida foi em Roland Garros. Bruno então jogou Stuttgart ao lado de John Peers, onde conquistou o 31º título de sua carreira, antes de se juntar ao novo parceiro oficial: Mate Pavic. Soares e Pavic já disputaram quatro torneios, mas ainda não embalaram. Somam apenas duas vitórias em primeiras rodadas em torneios quadras de grama (Wimbledon e Queens). Na temporada de quadra dura nos Estados Unidos, porém, ainda não venceram. 

Próximos torneios

Bruno Soares e Marcelo Melo estão confirmados no Masters 1000 de Cincinnati, que começa na próxima semana. Bruno Soares foi o campeão deste torneio em 2018, ao lado de Jamie Murray, e tem então 1000 pontos para defender.

Next post

Rodada dupla de futebol na Globo? Torcedores pedem a troca de Faustão pelo Brasileirão

Mercado da bola: Grêmio revela que Everton pode sair