in

VAR suspenso: ação de boliviano contra a CBF pode suspender árbitro de vídeo no país

Reprodução: CBF
Publicidade

O árbitro de vídeo começou a ser utilizado oficialmente há poucos meses no futebol brasileiro e agora, além das polêmicas dentro de campo, está envolvido em uma fora das quatro linhas.

Um engenheiro boliviano chamado Fernando Mendez Rivero move uma ação de antecipação de provas contra a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) desde a última sexta-feira.

Mendez criou e registrou um sistema de verificação de lances por meio de imagens em 2005, na Bolívia. Na ação, ele pede que a CBF apresente registro da criação do VAR no Brasil.

Publicidade

De acordo com o Globo Esporte, a CBF informou que foi pioneira no envio de sugestão do projeto de VAR à Fifa. A entidade diz ainda que o sistema foi inventado por um brasileiro chamado Manoel Serapião Filho. O sistema teria sido sugerido há mais de duas décadas.

Publicidade

A ação está sendo movida na 7ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro. Na ação, é pedido que a CBF apresenta o projeto de criação do VAR no Brasil. Se a entidade não apresentar comprovação, o boliviano espera ressarcimento financeiro que pode chegar em 500 mil dólares.

VAR teria sido criado pela CBF entre 2016 e 2017

De acordo com o advogado de defesa de Mendez, Lincoln Augusto Gama de Souza, a CBF teria criado o VAR em 2016 ou 2017. Seu cliente registrou a obra em 2005. Como Brasil e Bolívia seguem o Tratado de Berna, registro de criação em um desses países vale para o outro.

Ainda segundo o advogado, Instituto Nacional de Pesquisas Especiais (INPE) e Biblioteca Nacional não apresentam registros de criação do sistema de árbitro de vídeo.

VAR pode ser suspenso

O advogado afirma que vai aguardar a CBF se pronunciar em juízo. A partir daí, a defesa de Mendez vai ver qual o próximo passo. Um deles, é pedir a suspensão do VAR no Brasil. Pedido de indenização por danos morais também não é descartado.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Após clássico, Flamengo e Botafogo voltam a semana decisiva

PSG faz ‘promoção’ de Neymar, abaixa preço para vender atacante e surpreende