in

Mercado da bola: Flamengo negocia com atacante

Miguel Barreira

O Flamengo está sendo considerado o melhor clube brasileiro no quesito contratação. O rubro-negro tem no elenco jogadores renomados como Gabriel Barbosa, Everton Ribeiro, De Arrascaeta, Rafinha e Filipe Luís. Tais nomes colocam o maior campeão carioca no topo dos times de melhor elenco das Américas.

A diretoria do Flamengo, no entanto, não demonstra estar satisfeita e continua com uma atuação intensa no mercado da bola. Depois de tentar contratar os atacantes Pedro (Fluminense), Lucas Prato (River Plate-ARG) e Jonas (Benfica-PRT), a diretoria do rubro-negro negocia a chegada do atacante do Sporting de Portugal.

Publicidade

O nome da vez é Luiz Phellype, brasileiro de 25 anos. O centroavante do Sporting é um pedido do técnico Jorge Jesus, que sinalizou para direção do Flamengo o desejo de contar com Luiz, vale destacar que o jovem atacante já atuou com o atual técnico do Flamengo, fato que pode influenciar na vinda do atleta.

De acordo com a publicação do jornal A BOLA, a diretoria do Sporting só aceita negociar o atleta por um valor de cerca de 10 milhões de euros (cerca de R$ 42 milhões), este valor é o mesmo que foi pago por outro atacante do Flamengo, na época da contratação de Vitinho, o rubro-negro desembolsou os mesmos 10 milhões de euros.

Publicidade

Com a chegada de um novo atacante a disputa pela titularidade no Flamengo fica ainda maior, isto porque Gabriel Barbosa, o gabigol, é o artilheiro do campeonato brasileiro e está nos braços da maior torcida do Brasil. Luiz Phellype também tem se mostrado um exime artilheiro, marcando 17 gols em 36 partidas na última temporada.

Publicidade
Avatar

Escrito por João Vitor Ribeiro

Estudante de Engenharia de Produção na Universidade Federal do Espírito Santo;
Estudante de Direito na Faculdade Vale do Cricaré;
Ex-comentarista de TV;
Estou no projeto desde os primeiros anos da 1NEWSBRASIL;
Áreas de atuação: Esportes, Politica e Entretenimento.

Next post

Mercado da Bola: Marcos Guilherme pode deixar o Al Wehda e fechar com o Internacional

Hamburg Open: derrotado na primeira rodada, Zverev se diz insatisfeito com o evento