in

Palmeiras aguarda resposta de Ramires, mas atleta ainda pode voltar atrás

ESPN
Publicidade

O volante Ramires, de 32 anos, já defendeu a Seleção Brasileira em Copa do Mundo e foi destaque no continente europeu, quando atuou pelo Chelsea e chegou a ser campeão da Champions League no ano de 2012.

Após rescindir seu contrato com o Jiangsu Suning, da China, Ramires começou negociações com o Palmeiras. O clube alviverde perdeu, recentemente, Ricardo Goulart, e quer repor peças no elenco para ficar forte no restante da temporada.

Publicidade

Aguardando resposta

O meio-campista está conversando com o Palmeiras e a equipe somente aguarda a resposta do atleta, porém ainda há chances de que ele volte atrás e vá jogar no exterior.

O Palmeiras, por outro lado, vê otimismo na contratação do jogador para o prosseguimento da temporada de 2018.

Publicidade

Ramires viaja

Com intuito de ganhar a Copa Libertadores da América, o Palmeiras fez sondagens que animou Ramires. O volante viajou até São Paulo para iniciar negociações com o Alviverde da capital. Vale ressaltar que Ramires já trabalhou com o técnico Felipão pela Seleção Brasileira, na Copa do Mundo de 2014, quando esteve presente na goleada de 7 a 1 para a Seleção Alemã, nas semifinais.

Hoje Felipão conta com alguns volantes no elenco palmeirense. Ramires chega para disputar posição com estes. Além de atuar em uma posição mais defensiva, o meia sempre se mostrou muito ofensivo.

Trajetória do meia

Ramires deixou o futebol brasileiro em 2009, quando foi vendido pelo Cruzeiro ao Benfica, logo depois se transferiu ao Chelsea, da Inglaterra, onde se consagrou. O meia brasileiro foi ao futebol chinês, mas acabou sendo afastado do time e teve que manter a forma física no time B do Jiangsu Suning.

Na primeira janela de transferências de 2018, Ramires quase voltou ao Benfica, mas de última hora a negociação acabou não se concretizando e o jogador continuou no futebol chinês, sem oportunidades de mostrar futebol.

Publicidade
Avatar

Escrito por Bruno Avila

Escritor de futebol e política desde 2016, quando comecei o trabalho na Blasting News. Hoje migrei ao 1News e sou um dos escritores mais lidos do site.

Next post

Richarlison ajuda financeiramente alunos do Espírito Santo

Fernando Prass comenta polêmica após fala de Marcos sobre política