in

Rival do Corinthians na Sul-Americana quer usar estádio minúsculo nas oitavas de final

Divulgação Corinthians

O Corinthians se classificou para as oitavas de final da Copa Sul-Americana ao derrotar o Deportivo Lara, da Venezuela. Agora, o adversário será o Montevideo Wanderers, do Uruguai.

O primeiro jogo será disputado na Arena Corinthians, no dia 25 de julho. O jogo de volta está marcado para o dia 1º de agosto, na casa do Wanderers. Ambas as partidas serão disputadas as 21h30 (horário de Brasília).

O Wanderers chega às oitavas de final da Sul-Americana e quer jogar a partida decisiva em sua casa. Mas aí começa um grande problema. A equipe uruguaia quer jogar em sua casa.

Campo do Montevideo Wanderers tem capacidade reduzida

O Wanderers solicitou a Copa Sul-Americana que o confronto decisivo contra o Corinthians seja disputado no Estádio Parque Alfredo Victor Vieira, que tem capacidade para apenas oito mil pessoas. O estádio é menor do que o Parque São Jorge.

O Parque Alfredo Victor Vieira está localizado no bairro Padro, em Montevidéu, capital do Uruguai. A estrutura é bastante simples, bem diferente da Arena Corinthians, por exemplo.

Para se ter uma ideia, a iluminação artificial foi colocado pelo Wanderers apenas no ano passado. Dificilmente o pedido da equipe uruguaia será atendido pela Conmebol.

O motivo é simples: o regulamento da Copa Sul-Americana exige que os jogos das oitavas de final da competição sejam disputados em estádios com, no mínimo, 20 mil lugares.

Se não for jogado lá, o local provável é o Estádio Centenário, que pertence a prefeitura de Montevidéu e é utilizado pela seleção uruguaia em amistosos e competições oficiais.

Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator do i7 Network.

Next post

Santos x Corinthians: confira provável escalação do Peixe para o clássico

Corinthians x Santos: confira provável escalação do Timão para o clássico