in

Bancada do Bem, amigos! escolhe entre Gabriel Jesus e Firmino e cogita ausência de Arthur

Foto reprodução: Bem, amigos!

Na noite desta segunda-feira (10), ao entrar ao vivo no programa Bem, amigos!, o repórter Tino Marcos falou a respeito da expectativa criada para a estreia da seleção brasileira na Copa América. A primeira partida será contra a Bolívia e, uma das principais dúvidas, relaciona-se com titularidade do ataque, disputada entre Gabriel Jesus e Firmino.

Nesse sentido, os integrantes da bancada do programa demonstraram suas opiniões acerca dessa situação. Diante de uma análise geral, os convidados apostaram em Firmino como titular, apesar da boa fase vivida por Gabriel.

Importante ressaltar que os votos em cada um dos jogadores não foram pautados em uma ideia de preferência ou gosto pessoal de cada comentarista por determinado jogador, apenas tentaram adivinhar a provável escolha do treinador Tite. Sendo assim, destaca-se a fala de Junior:Em função da coerência, acho que o Tite vai de Firmino. Mas Gabriel dá uma pressão pelas últimas atuações.”.

Votos dos comentaristas

Sob a ótica de cada voto dado, o resultado foi o seguinte: Ana Thaís – Firmino; Marco Antônio – Firmino; Caio Ribeiro – Gabriel Jesus; Muricy Ramalho – Gabriel Jesus; Sebastião Lazaroni – Firmino e Gabriel Jesus; Junior – Firmino. Além dessa pauta, os comentaristas também dialogaram sobre uma possível ausência do meio-campo Arthur na Copa América, tendo em vista um desconforto sentido durante o amistoso contra Honduras.

Opinião de Caio Ribeiro

Segundo Caio Ribeiro, caso esse jogador não possa auxiliar a equipe no campeonato, o estilo de jogo do Brasil ficará todo comprometido. Ressalta-se a opinião do comentarista: “O tipo de time que o Tite está tentando construir para essa Copa América passa muito pelo Arthur. Como o Arthur, nós não temos no elenco. Para o modelo de jogo que a Seleção se propõe a fazer, se ele ficar fora a gente vai sentir muita falta.”.

Next post

Gigante carioca sob nova direção: conheça o novo presidente

Warriors vence Toronto por um ponto em jogo emocionante pela final da NBA