in

Fórmula 1: Kubica não está conseguindo domar sua Willians, amargando pífios resultados

Dan Mullan/Getty Images/AFP

Robert Kubica assumiu que está tendo muitos problemas com a Williams. O último fim de semana do grande prêmio do Canadá de Fórmula 1 foi marcado por muitas dificuldades com o seu carro.

Há onze anos atrás, Robert Kubica conseguiu a sua primeira e única Vitória ao longo de sua carreira na Fórmula 1. O fato ocorreu no ano de 2008, também no grande prêmio do Canadá. Entretanto, frustrando a sua expectativa, o bom desempenho esteve longe de ser repetido.

O polonês acabou ficando mais uma vez na ponta final do pelotão, amargando uma 18ª posição. Para piorar a sua situação com a Williams, o seu companheiro de equipe, George Russell, acabou o deixando em uma volta de retardatário.

Durante uma entrevista, o veterano Kubica afirmou que na Fórmula 1 não há mágica. Embora a pilotagem do treino classificatório do sábado tenha sido ruim, o desempenho na corrida foi ainda pior.

Kubica alega problemas de aderência

A principal reclamação do polonês foi com relação a aderência de seu carro. De acordo com ele, com níveis altos de combustível, a estabilidade fica extremamente comprometida. Sendo assim, é muito difícil avançar com o seu carro nestas condições de pista.

Russell, pelo contrário, elogia sua Willians

Já para o seu companheiro de equipe, a situação foi bem melhor. Russell terminou à frente de Kevin Magnussen, com o motor Ferrari da Has.

Em entrevista, ele elogiou muito a sua Williams. De acordo com ele, o carro estava muito agradável para pilotar, fazendo com que ele aproveitasse o bom momento para alavancar o seu desempenho.

Avatar

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.

Next post

Carille abre o jogo e revela que Corinthians pode vender jogadores durante a Copa América

Torcedores do São Paulo irão aproveitar melhorias do Morumbi após a Copa América