in

Cyborg nega que está com medo de revanche contra Amanda Nunes e critica Dana White

Combate

Sérios boatos circundam os bastidores do UFC de que a ex-campeã Cris Cyborg está com medo de aceitar uma revanche contra a campeã brasileira Amanda Nunes. Derrotada em dezembro do ano passado, Cyborg foi procurada pelo UFC para uma possível revanche no mês de julho, mas, de acordo com informações veiculadas no site do canal Combate, Cyborg teria negado esta segunda luta.

O presidente do UFC, Dana White, disse em entrevista coletiva após o UFC 238, realizado no último sábado, que a ex-campeã peso-pena (até 65,8kg), Cyborg, não queria a revanche contra a “Leoa”.

Segundo Dana, Amanda Nunes quer enfrentar novamente Cyborg, logo após a luta contra Holly Holm, no entanto, a espera para o fechamento teria ficado somente pela parte de Cyborg.

E para esclarecer a polêmica em torno de seu nome, Cris Cyborg participou de um podcast nesta segunda-feira, nos Estados Unidos. Segundo Cyborg, Dana quer manchar a sua imagem e por isso não diz a verdade dos fatos. Segundo a lutadora, logo após a derrota sofrida em dezembro, ela teria pedido uma revanche imediata, o que teria sido negado pelo presidente Dana White.

Ele sabe que eu mandei mensagem para ele no dia seguinte à luta, depois da coletiva, eu disse, quero a revanche. Ele está tentando manchar minha imagem, dizendo que Cris está com medo e não quer lutar.

Durante a entrevista, Cyborg se mostrou muito incomodada com o tratamento que vem recebendo do UFC e deixou em aberto o seu futuro na maior organização de artes marciais mistas do mundo.

Ao que parece, Cyborg está somente à espera de oportunidades em outros eventos para sair de vez do UFC e tentar brilhar em outra organização de MMA. Lembrando que Cris Cyborg se manteve invicta durante dez anos. 

Avatar

Escrito por Rodrigo Monteiro

Compromisso com a verdade esse é meu lema. "A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras". Sérgio Moro.

Next post

Gigante: mesmo com Real Madrid, Flamengo domina torneio internacional

Carille abre o jogo e revela que Corinthians pode vender jogadores durante a Copa América