in

Grêmio disputa craque com gigante da França; reforço pode custar quase 30 milhões de reais

Divulgação/Instagram Oficial do Monaco
Publicidade

O Grêmio terá uma dura missão pela frente na fase preliminar da Copa Libertadores da América. O time brasileiro acabou sendo surpreendido no primeiro duelo diante do Independiente del Valle, foi derrotado pelo placar de 2×1, e terá que buscar a classificação em Porto Alegre.

No primeiro compromisso contra a equipe equatoriana, o tricolor gaúcho entrou em campo com alguns desfalques e até Renato Portaluppi, com Covid-19, ficou de fora. Além dos problemas em sua escalação, a equipe ainda questionou bastante o desempenho da arbitragem.

Mônaco e Grêmio disputam reforço

O Mônaco, da França, vive uma excelente fase e aparece como candidato ao título da Ligue 1. A equipe ocupa a terceira colocação na tabela de classificação, logo atrás do PSG, e mantém uma boa regularidade de resultados em seus jogos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

A equipe já pensa na disputa da Champions League na próxima temporada e deverá abrir os cofres para montar um elenco ainda mais competitivo para o torneio continental. Um dos alvos agora é Yeferson Soteldo, do Santos, e que também está na mira do Grêmio.

O venezuelano é um dos jogadores mais perigosos e agudos em atuação no futebol brasileiro e o Santos, com dificuldades financeiras, poderá acabar aceitando sua transferência. O pedido do Peixe é de algo em torno de 5 milhões de dólares (cerca de 28 milhões de reais) para liberação do craque.

Douglas Costa

O Grêmio também avalia a contratação de Douglas Costa, que poderá chegar a custo zero. O jogador está tentando sua liberação junto a Juventus, algo visto com bons olhos pelo próprio clube italiano, e um desfecho positivo poderá se confirmar nas próximas semanas.

Publicidade
Publicidade
Publicidade