in

Palmeiras: Abel Ferreira coloca jogador para trabalhar separado

Abel Ferreira - Instagram
Publicidade

O Palmeiras vem de realizar uma temporada de sonho, mas nem por isso, o treinador quer abrandar. O técnico Abel Ferreira está em Portugal, curtindo umas pequenas férias com sua família, mas vai orientando o time, mesmo à distância. Nesse início de época, a prioridade da equipe técnica passa por trabalhar individualmente cada um de seus atletas.

Abel Ferreira quer jogadores crescendo fisicamente no Palmeiras

Tal como no ano passado, essa temporada promete ser bem intensa. Com o acumulado das partidas, o técnico precisa ter seus jogadores disponíveis fisicamente para darem o máximo. Para isso, a prioridade doo momento passa por esse trabalho mais específico. O Palmeiras quer melhorar o rendimento individual de seus jogadores e evitar aquelas lesões musculares que tendem aparecer mais para o final das provas.

Essa pré-temporada, jogadores como Wesley e Gabriel Veron estão realizando esse trabalho individualizado, ganhando mais físico. No final da época passada, eles sofreram com algumas lesões e ficaram mesmo impedidos de darem o seu melhor em algumas partidas importantes. Então, eles vão trabalhando especificamente o físico nesse início de ano, evoluindo nesse quesito.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Zé Rafael trabalha separado no Palmeiras

Porém, não são somente os jovens que estão mais focados em um trabalho mais físico. De acordo com o portal Globo Esporte, também Zé Rafael é prioridade para Abel Ferreira. O treinador admite que puxou demais pelo jogador, porque precisava dele, e que teria prejudicado seu rendimento por carga excessiva de jogos.

Agora, o camisa 8 do Verdão está trabalhando separado do elenco, fazendo recuperação física, por indicação de Abel Ferreira. O técnico português revelou que o meio-campista jogou “no sacrifício” em várias partidas da temporada passada. “O Zé teve um entorse. Nós temos muitas dificuldades em construir o meio-campo, e todos têm dado resposta. Eu precisava dele e meti, e meti, e meti (escalou). Se ele caiu um pouquinho nesses últimos jogos foi por minha culpa”, declarou Abel Ferreira, logo após a partida contra o Libertad, nas quartas da Libertadores, assumindo essa sobrecarga do jogador.

Publicidade
Publicidade