in

Romildo Bolzan bate o martelo sobre 3 nomes sonhados pela torcida do Grêmio

Lucas Uebel / Grêmio
Publicidade

O goleiro Marcelo Grohe teve o nome ventilado no Grêmio e encheu a torcida de esperança sobre seu retorno ao Imortal Tricolor. Campeão da Copa do Brasil e da Copa Libertadores da América, Grohe está no Al-Ittihad, da Arábia Saudita. Sem receber salários nos últimos três meses, ele poderia deixar o clube.

De acordo com as regras da Fifa, o jogador pode deixar a equipe se tiver dois meses de salários atrasados. Dessa forma, Grohe poderia acionar a entidade máxima do futebol e pedir para sair, abrindo caminho para retornar ao Grêmio.

O presidente Romildo Bolzan falou sobre a situação e disse que Grohe teve um ano difícil, sofreu com lesão e fez operação. O mandatário do Grêmio elogiou o goleiro, a quem chamou de profissional exemplar, mas jogou um ‘balde de água fria’ na torcida.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

“Não existe a mínima possibilidade em avançar uma situação por ele. É muito respeito que temos. Não temos conversa com ele”, disse Bolzan. O presidente também acabou com qualquer rumor sobre a chegada do atacante Diego Costa, ex-Atlético de Madrid.

Segundo Bolzan, o nome do atacante nunca foi citado pelo Grêmio. Ele afirmou ainda que não costuma alimentar esperanças em relação a jogadores que atuam na Europa. A realidade financeira do Velho Continente é totalmente diferente da do Brasil.

Sobre o volante Cuéllar, outro que teve o nome ligado ao Grêmio, Bolzan afirmou que desmentiria uma única e exclusiva vez a situação. Segundo ele, Guéllar é importante na Arábia e não encaminhamento no sentido de contratar o ex-jogador do Flamengo.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!