in

Grêmio entra na briga por reforço artilheiro e pode melar negociação do São Paulo

Foto Lucas Uebel/Divulgação Grêmio - Foto Juan Mabromata/Divulgação AFP
Publicidade

O Grêmio está de olho no mercado e deve se movimentar neste início de ano aproveitando a atual janela de transferências. Os últimos reforços contatados pelo clube, Churín e Pinares, foram anunciados ainda no final de 2020. Alguns jogadores do elenco gremista também devem dar adeus ao clube e acertar suas respectivas saídas nesse início de campeonato gaúcho. No pacotão previsto para sair do time treinado por Renato Portaluppi estão os goleiros, que vêm falhando constantemente, além de zagueiros, laterais e volantes. 

Para o ataque, o clube gaúcho está a procura de um nome que possa fazer sombra ao já veterano Diego Souza, ou até mesmo para assumir de vez a posição de artilheiro da equipe. Um dos jogadores oferecidos ao Grêmio na última semana se encaixa bem nesse perfil. Trata-se de Tiquinho Soares, que foi o artilheiro do Porto de Portugal entre os anos de 2016 e 2020. 

Tiquinho Soares está com 30 anos e no momento espera que a Fifa rescinda seu contrato com o Tianjin Teda, clube da China. O jogador mantém residência em Portugal e treina sozinho enquanto aguarda a decisão da federação mais poderosa do futebol. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

São Paulo fez consultas sobre o jogador

Tiquinho foi procurado recentemente pelo São Paulo que consultou o ex-jogador Deco, representante do atleta, sobre os valores de uma possível contratação. A chegada de um centroavante é um dos principais alvos do clube paulista para satisfazer um pedido do técnico Hernán Crespo. 

Outro nome pretendido pelo São Paulo é o de Santos Borré, atacante colombiano que atua no River Plate da Argentina. O clube sofre a concorrência pesada do Palmeira, que também quer o jogador. 

Publicidade
Publicidade
Jean Marangoni

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: [email protected]