in

Muricy dispara sobre Fernando Diniz no comando do São Paulo: ‘Perdeu um pouco a cabeça’

Diniz contra o Bragantino Foto de: Marcos Ribolli - Reprodução/Sportv - Montagem Jean Marangoni
Publicidade

O ex-treinador e atual coordenador técnico do São Paulo, Muricy Ramalho, foi entrevistado pelo jornalista Mauro Cezar Pereira em seu programa no portal UOL Esporte “Dividida” falando sobre diversos assuntos a respeito do clube em que iniciou sua carreira como jogador, como técnico e agora nessa nova função de coordenador. 

Muricy voltou ao São Paulo em dezembro de 2020 após Júlio Casares vencer as eleições como presidente do clube. Já no primeiro jogo de janeiro, um episódio marcou a derrota tricolor perante o Red Bull Bragantino pelo campeonato brasileiro quando ainda era líder da competição. O então técnico da equipe Fernando Diniz, disparou xingamentos ao atleta Tchê Tchê sendo flagrado pelos microfones da transmissão da partida. 

Muricy contou a Mauro Cezar que o episódio foi ruim tanto para o meio-campista, que ficou bastante magoado com a situação constrangedora, quanto para o treinador, que ainda pediu desculpas para todo o elenco, mas não conseguiu retomar o bom trabalho que vinha fazendo após o incidente.  

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O Diniz perdeu um pouco a cabeça‘, disse Muricy afirmando que o próprio treinador chegou a reconhecer isso perante o elenco e a diretoria do clube. 

O coordenador fez questão de lembrar sobre o relacionamento que Diniz tinha com Tchê Tchê desde a passagem dos dois pelo Ajax e que até por isso os dois ficaram muito sentidos com a situação. 

Após o climão causado por Diniz no jogo contra o Bragantino, o São Paulo entrou em uma fase muito ruim, perdendo a liderança e o título que acabou ficando com o Flamengo. O treinador foi demitido e Hernan Crespo foi contratado para o seu lugar.

Publicidade
Publicidade
Jean Marangoni

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: [email protected]