in

Corinthians prepara barca e atletas devem ser dispensados

Reprodução/ESPN
Publicidade

O Corinthians, assim como outros clubes brasileiros, está sofrendo para manter as contas no verde devido à pandemia do coronavírus. O clube sempre está na mídia de forma negativa, seja devendo salários dos jogadores e até mesmo do seus colaboradores.

A cessão naming rights da Arena Corinthians, agora chamada Neo Química Arena, veio para aliviar um pouco as contas do Coringão mas não tranquiliza a equipe. Com o objetivo de aliviar a folha salarial, além de reformular o elenco, o Corinthians já decidiu o destino de treze atletas.

Jogadores como Everaldo, Michel Macedo, Matheus Jesus, Fessin, André Luís aguardam a definição do clube paulista e ainda não sabem se serão aproveitados ou dispensados. No caso de Matheus Jesus, o volante, estava emprestado ao RB Bragantino e possuía uma cláusula de compra obrigatória caso o jogador participasse de 30 partidas, contudo, o atleta somou apenas 22 jogos e foi liberado antes mesmo do fim do campeonato brasileiro, fato que surpreendeu o Corinthians, não será aproveitado por Vágner Mancini.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Yago, zagueiro, rescindiu o seu contrato e já assinou com o Naútico. Everaldo é um dos atletas que deve ter o caminho mais fácil para o Coringão, assediado na janela de transferências o clube vê o seu empréstimo com bons olhos, contudo, o time que será o destino, deverá arcar com todo salário do atacante.

Além desses atletas, outros já tiveram seus destinos selados, são eles; Sornoza, Thiaguinho, Matheus Alexandre, Marquinhos, Madson, Davó, Éderson, Walter, Jonathan Cafú, Marllon e Yago.

Publicidade
Publicidade