in

Medalhão consegue acordo com a diretoria e dá adeus ao Corinthians; contrato será rescindido

Radar Esportes / Band
Publicidade

Como havia prometido durante sua campanha, o presidente Duílio Monteiro Alves segue trabalhando firme para mudar algumas situações dentro do Corinthians. O mandatário alvinegro está se desfazendo de alguns jogadores e aliviando mais a folha salarial do clube.

Ainda nesta temporada, a alta cúpula alvinegra prevê uma economia de aproximadamente R$ 2 milhões mensais somente em sua folha salarial. Para isso acontecer, será necessário continuar negociando atletas que estão fora dos planos do técnico Vagner Mancini.

Existem jogadores dentro do clube que recebem um salário elevado e não demostram um bom futebol dentro das quatro linhas. Essa situação vem preocupando muito a diretoria e novas decisões em relação a isso serão tomadas nos próximos dias.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O intuito também é melhorar as condições de trabalho do técnico Vagner Mancini, já que existem atletas recebendo salário e sem conseguir ser aproveitado. Um desses nomes é o zagueiro Yago, que conseguiu chegar a um acordo com a diretoria do Corinthians por uma rescisão amigável.

De acordo com as informações divulgadas pelo GloboEsporte.com, o defensor de 28 anos viu com bons olhos a possibilidade de trocar de clube e acertar a rescisão com o Timão. Sua nova equipe nesta temporada será o Náutico, que vai disputar a Série B do Brasileirão.

Um dos melhores momentos de Yago com a camisa corinthiana aconteceu ainda no comando do técnico Tite, em 2015. O zagueiro foi chamado para entrar em campo muitas vezes pelo ex-treinador do Timão, ajudando na conquista do Campeonato Brasileiro.

Após a saída de Tite do Corinthians, Yago não conseguiu ganhar boas oportunidades e acabou sendo emprestado para outras equipes do futebol brasileiro. A partir de 2017, o zagueiro acumulou passagens por Ponte Preta, Botafogo, Bragantino e também pelo Goiás.

O contrato do defensor com o Corinthians se encerraria daqui a quatro meses. No entanto, as partes chegaram a um acordo pela rescisão contratual, sem resultar em problemas jurídicos para ambas as partes. Isso aconteceu principalmente após o interesse do Náutico em sua contratação.

Publicidade
Publicidade
Vinicius Araújo

Escrito por Vinicius Araújo

Redator i7 Network - Notícias do mundo do futebol.