in

Com proposta do Atlético-MG, diretoria do Corinthians ‘bate o pé’ e define situação com Jemerson

Radar Esportes / Corinthians TV
Publicidade

A situação financeira do Corinthians vai impactar diretamente na montagem do elenco para esta temporada. O clube não pode realizar investimentos elevados, comprometendo na qualidade técnica da equipe de Mancini, sem a presença de reforços de peso.

Além de não poder realizar grandes contratações, a diretoria do Timão precisa se desfazer de alguns jogadores e dar uma enxugada na folha salarial. Esse trabalho está sendo realizado em conjunto com o técnico Vagner Mancini.

Até o momento, alguns atletas já estão fora do Corinthians, como o goleiro Walter, o zagueiro Marllon e também o atacante Jonathan Cafú. Todos esses jogadores foram anunciados pelo Cuiabá, através de um empréstimo.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Outro nome que pode entrar nessa lista e o zagueiro Jemerson. O beque é destaque do setor defensivo do Corinthians e vem chamando atenção do Atlético-MG. No entanto, a diretoria corinthiana ‘bate o pé’ e diz que fará o possível para acertar uma renovação contratual.

O atual contrato do zagueiro com o Timão é válido até o mês de julho. Mesmo sendo peça fundamental da equipe de Vagner Mancini, o defensor não tem situação fácil pela renovação. A maior dificuldade é em relação ao salário, pois ele quer um aumento considerável em seus vencimentos.

Quem está preocupado com essa situação é o próprio staff de Jemerson. Nos próximos dias deverá acontecer uma reunião entre as partes, pois existe uma pressa por parte dos agentes devido a uma proposta realizada pelo Atlético-MG, que quer repatriá-lo neste ano.

Caso a diretoria do Corinthians não aceite as condições impostas, a renovação não acontecerá e o destino do zagueiro deve ser mesmo o Galo. A expectativa é que uma decisão seja tomada ainda no mês de março.

Jemerson chegou ao Corinthians sob muita desconfiança, devido ao seu momento delicado no futebol francês. Ele aceitou diminuir seu salário para assinar um contrato de oito meses. Após esse período, seria discutida uma renovação com um aumento salarial considerável e isso já está sendo discutido.

Publicidade
Publicidade
Vinicius Araújo

Escrito por Vinicius Araújo

Redator i7 Network - Notícias do mundo do futebol.