in

São Paulo perde patrocínio milionário e sem dinheiro enfrenta dificuldades por reforços

Reprodução São Paulo TV
Publicidade

O São Paulo Futebol Clube encerrou as negociações pela renovação de seu patrocínio master com o Banco Inter. A parceria entre o tricolor do Morumbi e o banco se iniciou na temporada de 2017 e rendia cerca de R$ 12 milhões por ano aos cofres do clube. 

O anúncio foi feito pelas redes sociais do Banco Inter, que enalteceu a parceria duradoura entre as partes afirmando que pode ser apenas um ‘até logo’. O contrato entre o banco e o clube se encerrou no final de fevereiro e o São Paulo já entrou em campo no clássico contra o Santos com a camisa limpa, sem o nome do antigo patrocinador. 

O São Paulo espera agora alavancar suas receitas com a ajuda do marketing. Para isso a nova diretoria contratou Eduardo Toni, que é ex-diretor da LG, para liderar o departamento em busca de novas marcas para estamparem a camisa do clube. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

A falta de um patrocínio master pode prejudicar o São Paulo nesse momento em que o clube negocia por alguns reforços. A diretoria já anunciou o retorno do zagueiro Miranda, além da contratação do lateral direito Orejuela. No entanto, o técnico Crespo esperava mais algumas contratações para fechar o seu elenco ideal. 

O principal alvo do clube no momento é o volante uruguaio Gabriel Neves. O São Paulo já fez sua oferta pelo jogador do Nacional do Uruguai e viu nos últimos dias o Internacional entrar como seu concorrente na negociação. O clube porém não aumentará sua proposta para contar com o jogador. 

Outros jogadores como Borré e Duvan Vergara foram consultados, mas os valores apresentados assustaram a diretoria tricolor.

Publicidade
Publicidade
Jean Marangoni

Escrito por Jean Marangoni

Influenciador digital responsável pelas páginas 'Mussum Sinceris' nas redes sociais, trabalho também com jornalismo online há 3 anos. Para sugestões entre em contato: [email protected]