in

Julio Casares apresenta ‘novo reforço’ para o meio-campo; Crespo vai analisar

Instagram: Julio Casares
Publicidade

A temporada 2020 está chegando ao fim nesta última semana de fevereiro de 2021. No São Paulo, muitos jogadores irão voltar de empréstimos e o clube deve preparar uma grande barca de dispensas. A diretoria tem o objetivo de economizar dinheiro com salários.

De acordo com a ESPN, dos jogadores que integram o elenco devem sair Hernanes, Juanfran, Tréllez e Gonzalo Carneiro. Hudson, Jean, Shaylon e Júnior Tavares voltam de empréstimo e também não devem continuar na equipe, que agora será comandada por Hernán Crespo.

Na última semana, quem também retornou ao clube foi o meio-campista Everton Felipe. Ele disputou o Campeonato Brasileiro pelo Atlético-GO. Em 2019, o jogador era titular no time que chegou à final do Campeonato Paulista e perdeu para o Corinthians. Depois do Paulistão, Everton Felipe perdeu espaço na equipe. Fernando Diniz, quando chegou, não quis contar com o jogador e ele foi emprestado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

O presidente Julio Casares e a diretoria do São Paulo decidiram não dispensar o atleta antes que Crespo o avalie. A decisão do treinador será fundamental para que o atleta fique ou saia do São Paulo. Outros jogadores, como Hudson, por exemplo, também devem ser avaliados.

Se a nova comissão técnica decidir usar esses jogadores, assim será feito. Em meio à crise causada pela pandemia do coronavírus, dispensa de jogadores não é algo tão simples. O São Paulo vai investir apenas R$ 37 milhões em contratações neste ano. Até o momento, apenas o atacante Bruno Henrique, que disputou a Série B pela Ponte Preta, foi contratado.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!