in

indecisão sobre futuro de Renato e outro problema fazem Romildo Bolzan ser cobrado

Divulgação Grêmio
Publicidade

Romildo Bolzan está sendo cobrado pelos torcedores do Grêmio. A derrota para o São Paulo por 2 a 1, de virada, ontem à noite (14), pelo Campeonato Brasileiro, escancarou o clima ruim e a torcida não perdoou o presidente do Grêmio.

Os torcedores querem uma posição firme dele sobre a permanência ou não de Renato Portaluppi. O treinador tem contrato até a final da Copa do Brasil – os duelos estão marcados para os dias 28 de fevereiro, em Porto Alegre, e 7 de março, em São Paulo.

Renato deixa o futuro em aberto. O treinador está no clube desde 2016. Neste período, conquistou Copa do Brasil (2016) e Copa Libertadores da América (2017), além de Campeonato Gaúcho e Recopa Sul-Americana.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Os torcedores cobram Romildo para que atue com mais firmeza neste momento turbulento vivido pelo Grêmio. Apesar da final da Copa do Brasil, o Grêmio perdeu mais uma no Campeonato Brasileiro e pode perder a vaga direto na Libertadores-2021 em caso de derrota na decisão contra o Palmeiras.

Outro motivo de críticas dos torcedores e que, de certa forma, atinge o presidente, diz respeito ao banco de reservas na partida contra o São Paulo. Renato Portaluppi deixou jovens como Darlan e Vanderson de fora. O treinador preferiu Thaciano, que vem sendo alvo de críticas dos torcedores. 

Romildo terá trabalho nas próximas semanas e terá que fazer valer todo o trabalho que vem desenvolvendo no Grêmio desde que assumiu a presidência da equipe. O título na Copa do Brasil amenizaria todo o momento turbulento. Os jogos contra o Verdão não serão fáceis.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!