in

Julio Casares conduz entrevista com treinador e nome pode ser anunciado

Instagram Julio Casares
Publicidade

O São Paulo segue em busca de um treinador depois de a demissão de Fernando Diniz, anunciada na última segunda-feira (1º). Nesta quinta, o presidente do clube, Julio Casares, e o diretor de futebol, Carlos Belmonte, entrevistaram um dos postulantes à vaga.

Trata-se do ex-atacante da seleção argentina Hernán Crespo. Aos 45 anos, Crespo é treinador do Defensia y Justicia desde janeiro de 2020. Recentemente, o clube conquistou a Copa Sul-Americana e o treinador está em alta no futebol do continente.

De acordo com informações do Globo Esporte, a diretoria do São Paulo teria gostado da conversa com Crespo. O que pesa contra o treinador é o fato de ter sido sondado pela seleção do Chile. Além disso, o orçamento do clube é curto. A venda de Brenner por quase R$ 100 milhões ajudará a aliviar os cofres.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Diretoria do São Paulo prefere treinador estrangeiro

Desde que Fernando Diniz foi demitido, a diretoria do São Paulo deixou clara a preferência por um treinador estrangeiro. Antes de Crespo, outros nomes foram sondados. O português André Villas-Boas foi um deles, mas a possibilidade foi descartada. A tendência por técnicos de fora do país está em alta no Brasil.

Depois do sucesso de Jorge Jesus no comando do Flamengo, entre junho de 2019 e julho de 2020, os clubes brasileiros passaram a olhar para os estrangeiros como alternativa certa. Antes do boom causado por Jorge Jesus no Flamengo, o São Paulo teve três treinadores estrangeiros: o colombiano Juan Carlos Osório e os argentinos Edgardo Bauza e Diego Aguirre.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!