in

Villas-Boas diz não ao São Paulo, e diretoria procura dois portugueses

RecordTV
Publicidade

O São Paulo está sem treinador desde que demitiu Fernando Diniz, na segunda-feira (1º). Os maus resultados da equipe no Campeonato Brasileiro fizeram o treinador ser demitido, com a equipe na quarta posição na tabela de classificação.

O problema é que o Tricolor virou o ano com sete pontos de vantagem sobre o vice-líder. No momento, a equipe está a sete pontos do primeiro colocado, Internacional. O título ficou mais difícil e faltam poucas rodadas para o término da competição.

Sem Diniz, Vizzoli assumiu o comando da equipe interinamente e terá a missão de manter a equipe entre os quatro primeiros colocados na tabela de classificação para garantir vaga direta na fase de grupos da Copa Libertadores da América de 2021.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Quem será o treinador do São Paulo

André Villas-Boas era o preferido da torcida, mas o português disse não à diretoria do Tricolor. Ele terá um período de descanso depois de se demitir do Marselha, da França. De acordo com Paulo Vinicius Coelho, o PVC, dois nomes estariam no radar da diretoria.

Bruno Lage, campeão português pelo Benfica em 2019, e Marco Silva, ex-treinador do Everton, da Inglaterra, seriam os nomes que agradam a diretoria do Tricolor. Marco Silva foi campeão da Taça de Portugal pelo Sporting em 2015. No Brasil, nomes como Vagner Mancini, no Corinthians, e Abel Braga, no Internacional, agradam a diretoria comandada por Julio Casares.

O objetivo é iniciar a temporada 2021 com um treinador definido. Tudo indica que será um nome estrangeiro para o comando do time que busca um título a todo custo. O São Paulo não é campeão desde 2012, quando venceu a Copa Sul-Americana.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!